Podcast

As exigências da LGPD aos programas de fidelidade, como os oferecidos por farmácias


A LGPD não impede a existência dos clubes de vantagens, mas provoca mudanças em seus funcionamentos

Publicado em 03/12/2020 às 12:23
Reprodução/Rádio Jornal
FOTO: Reprodução/Rádio Jornal
Leitura:

O tema deste sexto episódio do podcast LGPD Na Prática interessa a todo mundo: consumidores e empresários. No programa, o advogado e profissional de TI Marcílio Braz fala sobre os programas de fidelidade ou clube de vantagens, estratégia bastante utilizada pelas empresas e considerada eficaz para fidelizar clientes. Os programas funcionam como uma troca, onde os consumidores fiéis são bonificados com descontos especiais ou prêmios. Mas para que esse relacionamento traga realmente só vantagens para ambos os lados, é preciso muita transparência, exigida, inclusive, pela Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

A LGPD não impede a existência dos clubes de vantagens, mas provoca mudanças em seus funcionamentos. Durante o bate-papo com a jornalista Mariana Dantas, Marcílio fala sobre essas exigências, destacando como exemplo os programas de fidelidade das farmácias.

Neste episódio, também tem a estreia de quadro “Na linha de frente da LGPD”, com a participação de profissionais que atuam na implantação da lei em empresas brasileiras. Veja a participação do consultor em gestão, previdência e finanças pessoais Wagner Friia. E no quadro “E agora?”, Marcílio Braz traz a quinta dica para quem deseja se adequar à lei.

Onde ouvir:

O episódio também está disponível nas principais plataformas de podcasts, como Spotify, Apple Podcasts e Google Podcasts, e no aplicativo e canal do YouTube da Rádio Jornal.


Mais Lidas