Covid-19

Cantor Paulinho da banda Roupa Nova foi mais uma vítima fatal da covid-19


O cantor faleceu na noite desta segunda-feira (14) devido a falência de múltiplos órgãos após ter sido acometido pelo coronavírus

Com informações da Agência Brasil e JC Online
Com informações da Agência Brasil e JC Online
Publicado em 15/12/2020 às 7:42
Divulgação
FOTO: Divulgação
Leitura:

O músico Paulo César Santos, conhecido como Paulinho, 68 anos, integrante do grupo Roupa Nova, morreu na noite desta segunda-feira (14) em decorrência da covid-19. O cantor estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Copa D'Or, zona sul do Rio de Janeiro.

Em uma nota, publicada no instagram oficial da banda, o grupo lamentou a partida do vocalista. Segundo o post, a morte de Paulinho se deu pela pela falência de múltiplos órgãos causada pela covid-19. “As luzes do palco se apagaram. Infelizmente o nosso querido Paulinho não resistiu. Acabamos de receber a notícia que ele veio a falecer de falência d múltiplos órgãos após ser acometido pela infecção do vírus covid19. Paciente decorrente de outras comorbidades, entre elas um transplante de medula óssea devido a um linfoma. Ele teve uma parada cardiorrespiratória hoje, que levou à parada dos órgãos. Nossos sinceros agradecimentos a todos que oraram e pediram por ele. Deus o receba de braços abertos!", diz o texto.

Confira a publicação:

Em setembro deste ano, o cantor havia passado por um transplante de medula óssea para tratar de um linfoma. No procedimento, foram utilizadas as próprias células do paciente. A internação do cantor pelo coronavírus foi notificada ao público no dia 4 de novembro, quando ele testou positivo para o vírus. Ele já estava há cerca de dois meses se recuperando do transplante.

Carreira

Além de cantor, Paulinho que nasceu no Rio no dia 6 de setembro de 1952 também tinha a função de percussionista no grupo Roupa Nova, há mais de 40 anos. Ele estava na banda desde a formação original.

Com uma voz potente e marcante, Paulinho cantava como vocalista principal em diversas músicas do grupo Roupa Nova, incluindo sucessos como Canção de Verão; Clarear; Sensual (na versão original de 1983); Volta pra Mim; Whisky a Go-Go; Linda Demais; Meu Universo É Você; Vício; De Volta pro Futuro; Chama; Asas do Prazer; Os Corações não São Iguais; Maria Maria; Felicidade, além de outras canções mais recentes.

Com o grupo o cantor recebeu em 2009 um dos maiores prêmios da indústria fonográfica, o Grammy Latino de melhor álbum pop contemporâneo brasileiro, categoria em que o Roupa Nova concorreu com nomes como Rita Lee, Ivete Sangalo, Skank e Jota Quest.


Mais Lidas