MULTA

Secretário de Saúde de Pernambuco é multado por suposta sonegação de informações


André Longo foi multado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE)

Suzyanne Freitas
Suzyanne Freitas
Publicado em 15/12/2020 às 13:00
Hélia Scheppa/SEI
FOTO: Hélia Scheppa/SEI
Leitura:

O secretário Estadual de Saúde de Pernambuco, André Longo, foi multado em R$ 8.500 pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) por suporta sonegação de informações ao órgão de controle.

>>Estabilidade de casos do coronavírus em PE não significa que pandemia está controlada, diz Longo

A decisão publicada no diário oficial diz que o secretário deixou de enviar documentos imprescindíveis para o planejamento dos trabalhos de auditoria do tribunal, entre os meses de janeiro de 2016 a abril de 2020.

>>Taxa de positividade de casos graves da covid-19 chega a 24% no Estado

Prazo

A decisão, além da multa, determina um prazo de 60 dias para regularizar o envio dos dados que não foram enviados pelo secretário.

Nota da Secretaria de Saúde

em nota, a Secretaria de Saúde afirmou que vem tentando cumprir a determinação de preencher as informações de recursos humanos no sistema sagres do TCE, mas que problemas no site tem dificultado a tarefa. A secretaria também afirma que vai recorrer da multa.


Mais Lidas