SEGURANÇA

Após fuga da Funase de Caruaru, PM continua procura por 16 internos


Internos da Funase de Caruaru atearam fogo em objetos da unidade, nesta segunda-feira (21); grupo conseguiu fugir

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 22/12/2020 às 13:48
Reprodução/NE10 Interior
FOTO: Reprodução/NE10 Interior
Leitura:

A Polícia Militar de Pernambuco continua em diligência para capturar os 16 internos dos 22 que fugiram da Funase, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, nesta segunda-feira (21), após rebelião. Nesta terça-feira (22), familiares foram à unidade em busca de informações.

>> Fuga de internos da Funase provoca medo nos moradores; veja vídeo

>> Segunda-feira de rebelião na Funase de Caruaru

>> Interno da Funase e dona de casa morrem eletrocutados em Caruaru

A mãe de um dos menores ficou preocupada quando soube da rebelião. “Eu fiquei muito desesperada, fiquei me tremendo, chorando, com uma dor no peito”, contou a mulher, que não foi identificada.

Rebelião

O princípio de rebelião começou por volta das 17h45, desta segunda. A fumaça que saía chamava atenção, assim como a grande movimentação dentro e fora da unidade. Os internos tocaram fogo em objetos para tumultuar o espaço e fugir.

Seis detentos já foram recapturados.

A Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) tem capacidade para 100 internos e, atualmente, acolhe 90 pessoas.

Veja o vídeo:


Mais Lidas