HOSPITAL

Hospital da Pessoa Idosa vai passar a atender pacientes com suspeita ou confirmação da covid-19


O prefeito Geraldo Julio e o prefeito eleito João Campos anunciaram, na tarde desta quarta-feira (23), a medida que será adotada a partir da primeira quinzena de janeiro

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 23/12/2020 às 16:01
Divulgação/ PCR
FOTO: Divulgação/ PCR
Leitura:

A partir da primeira quinzena de janeiro, o Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa (HECPI), localizado no bairro da Estância, passa a receber atendimento de pacientes com suspeita ou confirmação da covid-19. Ao todo, na unidade, serão disponibilizados 80 leitos de UTI, de equipamentos já adquiridos anteriormente pela prefeitura para os hospitais de campanha.

Com a ativação dos novos leitos, o Recife terá um total de 342 leitos dedicados à covid-19, dos quais 200 UTIs e 142 enfermarias. O prefeito Geraldo Julio e o prefeito eleito João Campos tomaram a decisão em conjunto e fizeram o anúncio na tarde desta quarta-feira (23). “Em uma decisão conjunta na equipe de transição do atual governo com a próxima gestão, chegamos à conclusão da necessidade de abertura de mais leitos de UTI na cidade do Recife. Por isso, a gente vai converter o Hospital do Idoso para a parte de internação dele receber pacientes com covid”, comunicou o prefeito Geraldo Julio.

“Serão 80 leitos de UTI e a Prefeitura faz esse esforço junto com o Governo do Estado, para possibilitar que as pessoas de nossa cidade, principalmente as pessoas idosas, que representam o maior grupo de risco, tenham o acolhimento e possam ter a estrutura necessária para fazer o tratamento de covid", completou o prefeito eleito João Campos.

Toda a estrutura de internamento do hospital, que conta com 62 vagas de enfermaria e 10 de UTI, passa a dispor de equipamentos para garantir o suporte de tratamento intensivo voltado para a covid-19. Além desses, outros oito leitos localizados na sala de Recuperação do Bloco Cirúrgico também serão transformados em UTIs, totalizando assim 80 novas vagas de UTI à disposição dos recifenses. Os respiradores e os demais equipamentos médico-hospitalares são parte dos aparelhos que foram utilizados nos hospitais de campanha da Prefeitura que foram desativados.

AMBULATÓRIO

Apesar da mudança de perfil em seu internamento, a unidade continuará com o ambulatório aberto. No entanto, os pacientes com suspeita ou confirmação de covid-19 terão entrada separada dos demais atendimentos. O HECPI continuará disponibilizando mais de 15 especialidades de saúde, como geriatria, cardiologia, fisioterapia e fonoaudiologia. Além disso, o Serviço de Apoio ao Diagnóstico Terapêutico, que oferece exames laboratoriais e de imagem, como tomografia e ressonância magnética, também será mantido.

“O Hospital da Pessoa Idosa tem no módulo de internação uma entrada separada na parte de exames e consultas. Isso permite que os exames, que são marcados pela prefeitura, e as consultas com especialistas possam continuar acontecendo, mesmo que a parte de internação do hospital atenda pacientes com covid. Esses equipamentos que vão formar os 80 leitos de UTI foram adquiridos pela Prefeitura e utilizados nos hospitais de campanha. Agora encontramos uma nova função, mais uma vez atendendo a população do Recife, no momento em que o número de casos esperado para o primeiro trimestre exige medidas como essa, de preparação da nossa cidade”, explicou o secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia.


Mais Lidas