Natal pelo mundo

Veja como o Natal é comemorado ao redor do mundo


Na Rússia, Natal só é comemorado em 7 de janeiro

Gabriel dos Santos Araujo Dias
Gabriel dos Santos Araujo Dias
Publicado em 25/12/2020 às 13:11
Divulgação
FOTO: Divulgação
Leitura:

Apesar de extremamente tradicional no Brasil, o Natal tem formas diferentes de ser comemorado em outros países do mundo. Neste Natal, a Rádio Jornal ouviu colaboradores que moram em outros países para saber como a data é vista por lá. Você vai se surpreender. Confira:

Rússia

“[Aqui, a comemoração] é totalmente diferente do que temos de Natal no Ocidente. Aqui na Rússia, como a maior parte da população segue o Catolicismo Ortodoxo, eles comemoram o nascimento de Jesus Cristo em 7 de janeiro. Então, o dia 25 não tem importância. Aqui, tem festa no ano novo e no 7 de janeiro. No Natal, a cerimônia também é mais pacata. Eles prezam pelo momento da reflexão, de valores para a família”, disse André Vieira, que é colaborador da Rádio Jornal na Rússia.

Hong Kong

“Como Hong Kong é uma cidade cosmopolita, eles têm muitos ocidentais morando aqui. Para os ocidentais, a comemoração é típica, porque a grande maioria dos ocidentais segue a filosofia cristã. No entanto, para os nascidos em Hong Kong, eles são mais arraigados à cultura chinesa. A maioria deles não é cristã, apesar de haver muitas escolas cristãs, mas a maioria dos templos cristãos são para ocidentais. Agora, na China, propriamente dita, a influência é ainda menor. Eu diria que o Natal para o chinês está como o Halloween para o brasileiro. A gente vê que tem uma certa tendência de aumento, shoppings com árvore de natal, mas não é um feriado forte. Algumas pessoas têm o costume de dar maçãs no natal, porque a fonia da palavra maçã em chinês é semelhante à “Paz”, em chinês”, contou Paulo Neto, colaborador da Rádio Jornal em Hong Kong.

Israel

“Por viver em uma comunidade judaica, obviamente, não se comemora o Natal, mas o judeu aprecia e respeita muito essa festa que também aqui é bonita, porque nos lugarejos, nas cidades árabes de predominância cristã existem as ornamentações e muitos judeus vão para vislumbrar essa festa. Pelo calendário judaico, a gente está no ano 5781. Então, temos o Rosh Hashaná, que é o ano novo, que acontece entre setembro e outubro pelo calendário gregoriano”, Mario Roberto Melo, colaborador da Rádio Jornal em Israel.

Confira a conversa dos três colaboradores com a equipe do Passando a Limpo:


Mais Lidas