PROTOCOLOS

População apoia restrições nas praias do Grande Recife no réveillon


As restrições foram adotadas por algumas prefeituras da Região Metropolitana do Recife para a chegada do ano de 2021

Yuri Nery
Yuri Nery
Publicado em 29/12/2020 às 16:18
Chico Bezerra/Cortesia
FOTO: Chico Bezerra/Cortesia
Leitura:

O metro quadrado de areia mais disputado do réveillon do Recife deve ficar vazio na chegada de 2021. Isso porque para evitar a disseminação do novo coronavírus, a Prefeitura do Recife anunciou a proibição de instalação de mesas, cadeiras, bancos, toldos e quaisquer outros objetos ao longo de toda a praia de Boa Viagem, na Zona Sul da cidade, durante a virada do ano. O comércio na praia, seja de quiosques, barracas e ambulantes, só será permitido até as 17h.

A proibição acaba com uma tradição de celebrar a chegada do ano novo na areia da praia. E apesar de deixar muitos comerciantes inconformados, moradores do bairro de Boa Viagem, como a servidora pública Beatriz Pedrosa, defendem a restrição imposta.

“No réveillon, eu sempre passei na praia, pulando as sete ondinhas. Para mim é sempre uma tradição. Esse ano vai ser de sacrifício, mas eu acho que importante para a gente conseguir, juntos, combater essa pandemia da forma correta”, disse.

Fiscalização

Os comerciantes que agirem contra o que foi determinado, poderão ter as mercadorias apreendidas. Ou até mesmo serem detidos, como destaca a secretária executiva de controle urbano do Recife, Cândida Bonfim.

“Quem infringir a norma, principalmente o comerciante, vai ser notificado. E se ele insistir em ficar com a mercadoria e o equipamento, ele pode ser apreendido”, ressaltou.

“A gente vai apelar para que essas pessoas tenham a consciência de não trazer nenhum equipamento. Aí vai ficar com a segurança para que tanto a Polícia Militar como a Guarda Municipal atuem”, reforçou a secretária.

Jaboatão

Além do Recife, o município de Jaboatão das Guararapes também anunciou medidas de restrição para o réveillon. A diferença é que a restrição vai começar uma hora mais tarde, a partir das 18h.

O comércio e a instalação de mesas, toldos e tendas também não será permitida. Os funcionários da prefeitura farão a fiscalização na orla da cidade, onde até mesmo alguns comerciantes aprovaram a iniciativa, como é o caso da Benedita Maria dos Santos. “Muito certo. Porque essa doença não é brincadeira, não. A gente já perdeu muitos amigos. E não é para brincar, não. É para ficar em casa, mesmo, descansando. Comemora em casa”, recomendou.

Olinda

Na cidade de Olinda, as medidas restritivas para evitar a disseminação do novo coronavírus são as mesmas. Com o comércio da praia podendo funcionar até as 17h.


Mais Lidas