Pandemia: Governo define novos protocolos para realização de eventos

Secretário de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco pediu que população denuncie eventos que estejam desrespeitando as medidas contra a covid-19

MEDIDAS
Pandemia: Governo define novos protocolos para realização de eventos

Festas de casamento, batizados e formaturas se enquadram nessa categoria - Foto: Pixabay

Por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19), o Governo de Pernambuco definiu novos protocolos para a realização de eventos, no Estado.

A portaria, que estabelece novas recomendações sanitárias, foi publicada nesta sexta-feira (8), no Diário Oficial do Estado, e entra em vigor na próxima segunda-feira (11).

Festas de casamento, batizados e formaturas se enquadram nessa categoria.

>> Com aumento de casos de covid-19, Pernambuco proíbe eventos com mais de 150 pessoas

>> Secretário apela para que população denuncie “balada, rave ou gafieira” em Pernambuco

 

Orientações

Entre as orientações, estão a manutenção do distanciamento entre pessoas, nos espaços do evento, como entrada, corredores, filas de acesso aos banheiros, salões, cadeiras, e em demais locais. Nas mesas, é permitido ter, no máximo, dez pessoas.

>> Covid-19: saiba como denunciar aglomerações em Pernambuco

Participantes, funcionários e prestadores de serviço precisam usar máscara, durante todo o evento. O item de proteção só deve ser retirado, no momento de consumo de alimentos ou bebidas, exclusivamente quando as pessoas estiverem sentadas.

A limpeza de áreas como mesas, balcões, teclados, maçanetas e botões, além de banheiros, deve ser feita, a cada duas horas. O evento também deve disponibilizar álcool em gel em todos os pontos de entrada e de atendimento.

Descumprimento

Em caso de descumprimento das determinações vigentes, a empresa contratada deve assumir as responsabilidades cabíveis, segundo a portaria.

Redução

A medida ocorre, após o Governo do Estado anunciar, na última quarta-feira (6), a proibição de eventos com mais de 150 pessoas. Antes, eram permitidas até 300 pessoas.

 

Apelo

Ainda durante a coletiva, o secretário de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco, Pedro Eurico, apelou para que a população denuncie eventos que estejam desrespeitando as medidas decretadas pelo estado para prevenir o avanço da covid-19.

“As pessoas podem se antecipar. Tomando conhecimento de alguma festa, balada, rave, gafieira, seja lá o que for, mas que vai romper com os limites estabelecidos pelo decreto, nos informem previamente, que nós vamos tomar medida preventiva. Vamos procurar esses locais e já determinar que eles estão impedidos de promover essas festas”, afirmou o secretário.

Ainda segundo o secretário, todas as cidades do Litoral Pernambucano firmaram um acordo para intensificar o trabalho de fiscalização nas praias, neste período de férias. 

Como denunciar?

O Procon Pernambuco disponibiliza um telefone para denúncias de eventos que descumprem as regras de combate à covid-19. O número é (81) 3181-7000.

O número também tem WhatsApp e funciona 24 horas. O 190, da Polícia Militar, também está à disposição para que sejam informadas festas ilegais.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.