Covid-19: China passa a usar teste retal para detectar novo coronavírus

O teste retal para covid-19 também está sendo feito em viajantes do exterior que chegam ao país

PANDEMIA
Covid-19: China passa a usar teste retal para detectar novo coronavírus

Amostras para testes de detecção do novo coronavírus costumam ser coletados do nariz e da garganta - Foto: Pixabay

Para detectar a presença da covid-19, a China está realizando testes retais em viajantes que chegam do exterior ao país e em pessoas de áreas de risco. A informação é da emissora pública CCTV.  

O método é mais confiável porque o novo coronavírus permanece mais tempo no ânus do que no nariz ou na garganta. Por não serem práticos, os testes retais não são generalizados. "Considerando que coletar swab anais não é tão conveniente quanto os de garganta, no momento apenas grupos-chave, como aqueles em quarentena, recebem ambos", explicou o médico Li Tongzeng, do hospital You'an em Pequim. 

 

>> China condena jornalista a 4 anos de prisão por relatar coronavírus em Wuhan

>> Brasil passa a exigir teste negativo de covid-19 para entrada no país

>> Farmacêutica Astrazeneca diz que não tem vacinas disponíveis ao mercado privado

 

De acordo com a Bloomberg, foram realizados, em Pequim, mais de mil testes pelo ânus, pela garganta e pelo nariz na semana passada, além de o teste de anticorpos, em crianças em idade escolar e professores. Os exames foram realizados após a descoberta de um caso assintomático, segundo as autoridades locais.

Viajantes testados 

Passageiros de um voo de Changchun para Pequim precisaram desembarcar após autoridades descobrirem que uma pessoa a bordo fazia parte de uma área considerada de alto risco para transmissão do novo coronavírus. O grupo foi levado a um hotel, onde profissionais de saúde coletaram amostras de nariz e do ânus. O caso aconteceu na segunda-feira (25). 

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Mesmo com o início da vacinação contra a covid-19, é importante manter as medidas. Entre elas estão:

- Usar máscara em ambientes compartilhados 

- Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.

- Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.

- Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.

- Evitar contato próximo com pessoas doentes.

- Ficar em casa quando estiver doente.

- Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.

- Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.

- Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).
- Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.