NEPOTISMO

MPPE investiga nomeação de filho do prefeito de Garanhuns para cargo na câmara de vereadores

O filho do prefeito de Garanhuns foi nomeado pelo seu tio, que é presidente da câmara de vereadores

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 27/01/2021 às 17:50
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) investiga uma denúncia de nepotismo em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. O filho do prefeito Sivaldo Albino (PSB) foi nomeado para gerente da câmara municipal de vereadores.

O vereador e presidente da câmara, Johny Albino (PSB), que é irmão do prefeito, indicou o sobrinho Cayo Albino para gerente de articulação política. O cargo está ligado à presidência da câmara.

Promotor fala sobre investigação

O promotor Domingos Sálvio fala sobre a situação. “Chegou ao conhecimento da Promotoria de Justiça, da Defesa e Cidadania de Garanhuns a nomeação, por parte do senhor presidente da câmara municipal de um sobrinho para exercer um cargo em comissão na câmara. Registramos uma notícia de fato pela ocorrência de suposto nepotismo e solicitamos esclarecimentos ao senhor Senivaldo Johny Albino que indique as atribuições desse cargo, a lei que o criou e definiu suas atribuições”, disse.

Mais Lidas