Vacina aplicada em Pernambuco é, sim, segura para pessoas acima de 65 anos, defende médica da UFPE

De acordo com a professora sanitarista da UFPE, Bernadete Perez, Fiocruz já esclareceu que vacina de Oxford, que está sendo aplicada em idosos a partir de 85 anos, é segura

PANDEMIA DO NOVO CORONAVíRUS
Vacina aplicada em Pernambuco é, sim, segura para pessoas acima de 65 anos, defende médica da UFPE

Vacina de Oxford não tem previsão para chegar ao Brasil - Foto: Reuters/Dado Ruvic

A médica sanitarista da Universidade Federal de Pernambuco, Bernadete Pérez, defendeu o uso da vacina de Oxford em idosos. A vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a AstraZeneca é a fórmula que, atualmente, é aplicada em idosos com idades a partir de 85 anos em Pernambuco. O debate surgiu após a Alemanha recomendar que a fórmula não fosse aplicada em idosos com mais de 65 anos. 

Em entrevista ao Passando a Limpo, da Rádio Jornal, na manhã desta sexta-feira (29), Bernadete explicou que a vacina é segura. “A Fiocruz [Fundação Oswaldo Cruz] já informou que de fato essa vacina não tem problema de segurança, não é contra-indicada para nenhuma faixa etária, ela tem segurança”, disse a especialista. “O que a gente tem de alertar é que os estudos acima de 65 anos precisam ser mais robustos para entender a eficácia da vacina. O quanto ela protege para essa faixa etária, isso é que de fato tem poucos dados. Estatisticamente não foram relevantes nos estudos de fase três”, esclareceu Pérez. 

Confira entrevista na íntegra:


Alemanha

Na Alemanha, a comissão de vacinação afirmou que a recomendação era de que a vacina de Oxford fosse utiliza em pessoas com idades entre 18 e 65 anos. De acordo com a comissão, não se tem certeza sobre a eficácia da vacina em pessoas com mais idade. 

Imediatamente, a AstraZeneca respondeu defendendo o uso da vacina em idosos. “As últimas análises se baseiam na hipótese de uma eficácia da vacina no grupo de mais de 65 anos", disse um porta-voz a AstraZeneca.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.