LUTO

Morre irmão de Dayane Mello, brasileira que está no 'Big Brother' italiano

A brasileira é finalista do "Grande Fratello VIP", a versão italiana do Big Brother

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 03/02/2021 às 14:29
Reprodução/ Instagram
FOTO: Reprodução/ Instagram
Leitura:

Uma modelo brasileira tem se destacado pela sua participação no programa "Grande Fratello VIP", o Big Brother italiano. Nesta quarta-feira (3), o nome de Dayane Mello, de 31 anos, voltou a repercutir nas redes sociais. O motivo foi o falecimento do seu irmão mais novo.

Lucas Mello, de 26 anos, morreu na noite desta terça-feira (2) após um acidente de carro em Lontras, Santa Catarina. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo teria invadido a pista contrária e colidido contra o caminhão. Com o impacto, Lucas morreu ainda no local.

>> Festival Rec-Beat cancela participação de Karol Conká, após polêmicas no BBB21

>> BBB21: Gilberto, doutorando em economia, representa Pernambuco no Big Brother Brasil

A participante do "Big Brother" da Itália foi chamada no confessionário na manhã desta quarta para recebe a notícia do falecimento do irmão. Dayane Mello conversou com o irmão Juliano e uma psicóloga.

Dayane Mello optou por não desistir do jogo, pois o último desejo de seu irmão foi que ela fosse campeã do reality. A modelo brasileira também não "tem como voltar ao Brasil por causa da pandemia", explicou a assessoria. A participante do programa foi amparada pelos companheiros de confinamento.

No Instagram, a assessoria da modelo postou uma foto dela com os irmãos pedindo pensamentos positivos para Dayane e sua família. Confira:

Finalista do "Big Brother" italiano

Confinada há quatro meses, Dayane Mello conquistou uma vaga no "Grande Fratello Vip" no último dia 25 de janeiro após vencer uma votação em que o público escolheu um participante para ir direto para a final do programa, no dia 26 de fevereiro.

A modelo brasileira sofreu uma série de ataques misóginos e xenofóbicos nas redes sociais, o que gerou uma grande repercussão nas redes sociais e desencadeou um grande apoio da torcida brasileira. Ao longo da edição, ela foi indicada a 11 paredões.

Mais Lidas