Com foco na saúde mental, Unicef lança canal virtual para ajudar adolescentes

“Pode Falar” é um canal criado pelo Unicef que está disponível em site e WhatsApp

UNICEF
Com foco na saúde mental, Unicef lança canal virtual para ajudar adolescentes

Plataforma pode ser acessada pela internet - Foto: Pixabay

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) desenvolveu um novo espaço na internet para acolher jovens e adolescentes. Com foco na saúde mental e bem-estar desta faixa etária, o site Pode Falar oferece atendimento gratuito de orientação para pessoas entre 13 e 24 anos de idade. 

Uma pesquisa feita pelo Unicef em 2020 apontou que 72% dos adolescentes entre 15 e 19 anos necessitaram de ajuda em relação ao bem-estar físico e emocional durante a quarentena. "Conforme a pandemia entra em seu segundo ano, a internet e a tecnologia continuarão a desempenhar um papel fundamental na vida de meninas e meninos. O Pode Falar surge como um espaço em que adolescentes e jovens podem informar sua demanda, de forma anônima, passar por uma triagem automatizada e ter uma resposta imediata, a depender da complexidade de sua questão, com indicação de materiais de apoio, informações e serviços," afirma a Oficial do Programa de Cidadania dos Adolescentes do Unicef no Brasil, Gabriela Mora.

Em entrevista à Rádio Jornal, Gabriela disse que os adultos precisam ficar atentos aos sinais das crianças. “As famílias, os professores não podem subestimar esse sentimento. Não podem imaginar que a adolescência é uma fase de transição, que tudo vai passar, como se o que elas passam nesse período não tem impacto na vida. É fundamental abrir o espaço de escuta para essas crianças e adolescentes. Porque quando elas vão elaborando o que eles estão sentindo, isso já dá alívio, isso já ajuda a entender, a dar nome para o sentimento e também perceber quais são as redes de apoio disponíveis, inclusive entre amigos e familiares”, analisou. 

Segundo Gabriela, o canal Pode Falar permite que os jovens sejam ouvidos por especialistas e também possam narrar experiências de forma anônima. Os jovens podem acessar o Pode Falar pelo site www.podefalar.org.br e também por um canal no WhatsApp, pelo telefone (61) 9 9660 8843. 

Ouça a entrevista de Gabriela Mora do Unicef na íntegra:

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.