NOVO CORONAVÍRUS

Idosa de 94 anos morre atropelada depois de ser vacinada contra covid-19

A vítima chegou a ser socorrida e levada para o hospital, mas não resistiu

Com informações do JC Online
Com informações do JC Online
Publicado em 16/02/2021 às 17:00
 - FOTO: REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS
FOTO: - FOTO: REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS
Leitura:

Uma mulher de 94 anos morreu atropelada pelo carro da própria filha na segunda-feira, 15, logo após ter recebido a vacina contra covid-19 em Conceição da Aparecida, a 347 quilômetros de Belo Horizonte, no sul de Minas Gerais. As informações são do portal O Tempo.

Segundo o Boletim de ocorrência, após deixar o ponto de vacinação, a idosa e a filha teriam parado em outro local para ver uma plantação de girassóis e estacionaram o carro em um declive. Porém, o freio de mão não teria sido acionado e o veículo deslizou sozinho em direção à nonagenária, que não pôde desviar e foi atingida.

A vítima, Edna Batista Cruz, chegou a ser socorrida e levada ao Hospital Municipal João Amélio Freire, mas não resistiu. A filha, muito abalada, também precisou receber atendimento médico. Mesmo com o socorro, Edna não resistiu. O corpo da idosa será enterrado neste terça-feira, 16, no cemitério do município.

Morte da primeira profissional do SAMU Recife

A técnica de enfermagem Liliane Quitéria dos Santos, de 48 anos, é a primeira vítima fatal do novo coronavírus entre os socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) do Recife. Ela foi a óbito na manhã desta segunda-feira (15), no Hospital do Tricentenário, em Olinda. Ela lutava contra as sequelas deixadas pela covid-19 há cerca de nove meses. Em maio de 2020, momento em que a capital pernambucana vivenciada o pico da pandemia, Liliane apresentou os primeiros sintomas da doença, iniciada com um quadro de encefalite viral, a chamada infecção direta do cérebro causada pelo vírus.

>>>Pernambuco totaliza 282.913 casos confirmados de covid-19

>>>Bolsonaro diz que vai solicitar à Anvisa uso emergencial de spray nasal contra covid-19

"Naquela ocasião, ela procurou o Hospital Correia Picanço (bairro da Tamarineira, Zona Norte do Recife). Logo em seguida, desenvolveu um AVC (acidente vascular cerebral) hemorrágico e foi para o Hospital da Restauração (área central da cidade), onde operou e drenou o hematoma. Depois foi para o Alfa (referência no tratamento da covid-19) e recentemente, já com PCR para coronavírus negativo há cerca de seis meses, foi encaminhada para o Tricentenário, onde a família teve a possibilidade de ficar mais próxima dela. Estamos todos em luto", disse o médico Leonardo Gomes, coordenador-geral do Samu Metropolitano do Recife, em entrevista ao Jornal do Commercio.

Boletim SES-PE

Nesta terça-feira (16), a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou 1.582 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 62 (4%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.520 (96%) são leves.

Mortes

Também foram confirmados 34 óbitos, ocorridos entre 26/10/2020 e 15/02/2021. Com isso, o Estado totaliza 10.711 mortes pela Covid-19.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.
  • Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).
  • Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

Mais Lidas