Quarta-feira de Cinzas

Bacalhau do Batata e Mungunzá de Zuza celebram Carnaval simbolicamente


Na Quarta-feira de Cinzas mais ingrata de todas, Bacalhau do Batata e Mungunzá de Zuza e Thais celebraram simbolicamente o Carnaval e pediram cuidado com a covid-19

Karina Costa Albuquerque Karina Costa Albuquerque
Karina Costa Albuquerque
Karina Costa Albuquerque
Publicado em 17/02/2021 às 10:54
Jailton Junior / JC Imagem
FOTO: Jailton Junior / JC Imagem
Leitura:

Mesmo sem folia, nesta Quarta-feira de Cinzas, os tradicionais Mungunzá do Zuza Miranda e Thais, e o Bacalhau do Batata marcaram presença no Alto da Sé, em Olinda.

>> Polícia Militar acaba com festa clandestina de carnaval no Recife; veja vídeo

>> Auxílio emergencial do Carnaval é aprovado na Câmara do Recife

>> No ano do centenário, Cariri Olindense não sairá nas ruas durante Carnaval

Pedido

Só não houve distribuição de mungunzá, nem foliões e orquestra. Respeitando os cuidados de segurança contra a covid-19, os representantes dos blocos foram pedir que as pessoas continuem em casa, se cuidando, para poder brincar o próximo carnaval.

Tradição

2021 seria o 26º ano do delicioso e concorrido Mungunzá. Já o famoso Bacalhau do Batata completaria 59 anos de folia.


Mais Lidas