tristeza

Guitinho da Xambá, do grupo Bongar, tem morte confirmada após ficar na UTI

Recentemente, Guitinho da Xambá havia se recuperado de um acidente vascular cerebral (AVC)

Publicado em 17/02/2021 às 21:12
Reprodução/Instagram
FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

O músico Guitinho da Xambá, vocalista do grupo Bongar, teve a morte confirmada nesta quarta-feira (17), através de uma publicação feita pela banda nas redes sociais. Na última semana, ele havia se recuperado de um acidente vascular cerebral (AVC) e estava sendo acompanhado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular, em Olinda. A causa da morte do pernambucano não foi revelada, mas a reportagem tenta contato com parentes de Gutinho da Xambá.

''Nosso querido Guitinho da Xambá se encantou. GUITINHO ETERNAMANTE!'', escreveu Marileide Alves, esposa do músico.

Grupo Bongar

O grupo Bongar foi criado com a intenção de preservar e difundir a cultura do Coco da Xambá, festa realizada há mais de 40 anos, em Olinda. Formado em 2001, por seis ogãs do terreiro da Xambá, do Quilombo do Portão do Gelo, o Bongar se tornou um dos grupos mais importantes na divulgação da cultura popular e religiosa de matriz africana em Pernambuco.

A história do Grupo Bongar foi contada no documentário Festa de Terreiro, gravado em junho de 2012. Nele, integrantes da banda, familiares e outros membros da Nação Xambá contam histórias e relembram momentos do Grupo Bongar na comunidade. Assista o documentário abaixo.

Mais Lidas