Esse peixe matou minha princesa, diz mãe de jovem que morreu com suspeita de síndrome de Haff

Pryscila Andrade, de 31 anos, morreu nesta terça-feira (2). Suspeita é de Síndrome de Haff, doença causada pelo consumo de peixe com toxina

SíNDROME DE HAFF
Esse peixe matou minha princesa, diz mãe de jovem que morreu com suspeita de síndrome de Haff

A síndrome é também conhecida como doença da urina preta. - Foto: Reprodução/TV Jornal

Mãe das irmãs que adoeceram após consumir peixe do tipo Arabaiana, Betânia Andrade está inconsolável com a perda de uma das filhas. "Minha filha não resistiu. Esse peixe matou minha princesa", disse a mãe em entrevista à produtora da TV Jornal Marina Costa. 

 

>>> Saiba como se prevenir da Síndrome de Haff.

 

O óbito da veterinária Pryscila Andrade, de 31 anos, foi confirmado nesta terça-feira (2). Na segunda-feira (1º), a mãe já havia informado que o estado de saúde da jovem era gravíssimo. A Secretaria Estadual de Saúde ainda não confirmou se a morte foi, de fato, causada pela síndrome de Haff. 

Priscyla e a irmã dela, a empresária Flávia Andrade, comeram o peixe no dia 18 de fevereiro, na casa de Flávia, no Recife. Elas passaram mal e foram internadas em um hospital particular da capital pernambucana. 

Ainda não há informações sobre horário e local do sepultamento de Priscyla. 

Especialista esclarece

Sobre a Síndrome de Haff, a reportagem do Por Dentro com Cardinot também conversou com o infectologista, Filipe Prohaska. O especialista deu detalhes e esclareceu acerca da doença. (veja no vídeo)

Doença de Haff

A doença de Haff é uma doença rara que acontece de forma repentina e que é caracterizada pela ruptura das células musculares, o que leva ao aparecimento de alguns sinais e sintomas como dor e rigidez muscular, dormência, falta de ar e urina preta, semelhante à café. De acordo com os especialistas, a toxina se desenvolve quando o peixe é transportado ou comercializado com temperatura irregular. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.