Combustíveis

Petrobras anuncia novo reajuste nos preços da gasolina, diesel e gás de cozinha


O reajuste nos preços da gasolina, diesel e gás começa a valer nesta terça (2). O gás de cozinha teve o maior reajuste

Karina Costa Albuquerque Karina Costa Albuquerque
Karina Costa Albuquerque
Karina Costa Albuquerque
Publicado em 02/03/2021 às 8:22
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

A Petrobras anunciou um novo aumento nos preços da gasolina, do óleo diesel e do gás de botijão vendidos nas refinarias. O anúncio foi feito nessa segunda-feira (1º). O maior aumento será o do botijão de gás, seguido pelo óleo diesel e pela gasolina.

Novo preço

A partir desta terça (2), a gasolina ficará 4,8% mais cara, ou seja, R$ 0,12 por litro. Com isso, o combustível será vendido às distribuidoras por R$ 2,60 por litro.

O óleo diesel terá um aumento de 5%: R$ 0,13 por litro. Com o reajuste, o preço para as distribuidoras passará a ser de R$ 2,71 por litro a partir de hoje.

Já o gás liquefeito de petróleo (GLP), conhecido como gás de botijão ou gás de cozinha, ficará 5,2% mais caro, também a partir de hoje.

O preço para as distribuidoras será de R$ 3,05 por quilo (R$ 0,15 mais caro), ou seja R$ 36,69 por 13 kg (ou R$ 1,90 mais caro).

>> Alta da gasolina leva a aumentos em preços de produtos e serviços

>> Reajuste da gasolina: postos de combustíveis amanhecem com novo valor nas bombas no Grande Recife

Mercado internacional

Segundo a Petrobras, seus preços são baseados no valor do produto no mercado internacional e na taxa de câmbio.

“Importante ressaltar também que os valores praticados nas refinarias pela Petrobras são diferentes dos percebidos pelo consumidor final no varejo. Até chegar ao consumidor são acrescidos tributos federais e estaduais, custos para aquisição e mistura obrigatória de biocombustíveis pelas distribuidoras, no caso da gasolina e do diesel, além dos custos e margens das companhias distribuidoras e dos revendedores de combustíveis”, destaca nota divulgada pela empresa.

Troca de comando

A troca no comando da Petrobras anunciada pelo governo ocorre em 20 dias, quando acaba o mandato do atual presidente, Roberto Castello Branco, que defende a atual polícia de alinhamento de preços aos do mercado internacional, que culminou em mais um aumento.

Anúncio

Desde essa segunda (1º), estão zerados o PIS e Cofins, que incidem sobre o diesel e sobre o gás de cozinha. A medida vale por dois meses. Nesse prazo, a equipe econômica deverá encontrar alternativas pra barrar novas altas no preço do combustível.

Ainda sobre o preço dos combustíveis, a partir do dia 24 de março, os postos de todo o país terão de informar a composição do valor cobrado na bomba, para que o consumidor saiba como que está organizado o preço final.


Mais Lidas