Uber: Motoristas passam a ter direitos trabalhistas no Reino Unido; advogado defende que o mesmo aconteça no Brasil

No Reino Unido, motoristas da Uber vão ter direito a salário mínimo e férias

DIREITOS TRABALHISTAS
Uber: Motoristas passam a ter direitos trabalhistas no Reino Unido; advogado defende que o mesmo aconteça no Brasil

Uber - Foto: Divulgação

Motoristas da Uber no Reino Unido vão receber salário mínimo e férias. A decisão foi tomada após a Justiça britânica decidir que os motoristas da plataforma devem ter direitos trabalhistas. No Brasil, essa é uma reivindicação de muitos motoristas. O advogado trabalhista Marcos Alencar concorda com a necessidade dos trabalhadores terem direitos “mínimos”. 

“Essa condenação assegura direitos mínimos. Quais são eles? O salário mínimo nacional, férias e outros benefícios relacionados à aposentadoria. Não é um empregado 100% normal, mas um modelo híbrido, que eu defendo”, comentou em entrevista ao Passando a Limpo, da Rádio Jornal. 

O advogado lembra ainda que, no Brasil, algumas categorias já recebem direitos, mesmo não sendo amparados pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). “Representantes comerciais, salão parceiro e transportador autônomo de carga são modalidades que têm proteção, mas não são regidos pela CLT”, lembrou. 

Ouça a entrevista na íntegra:

TAGS

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.