Covid-19: Brasil tem 2º dia com mais mortes em 24h, desde início da pandemia

O número de novos casos de covid-19 foi o 3º maior, desde o início da pandemia

BALANçO
Covid-19: Brasil tem 2º dia com mais mortes em 24h, desde início da pandemia

Brasil tem 287,5 mil mortes e 11,78 milhões de casos - Foto: Bruno Kelly/Reuters

Com informações da Agência Brasil

A quantidade de pessoas que não resistiram à covid-19 subiu para 287.499. Em 24 horas, foram registradas 2.724 mortes. Foi o 2º dia com mais óbitos, atrás apenas do recorde de terça-feira (16), quando foram acrescidas às estatísticas 2.841 vidas perdidas.

Na quarta (17), o número também foi alto, o 3º maior número de mortes por covid-19, 2.648.

Ainda há 3.170 mortes em investigação por equipes de saúde. Isso porque há casos em que o diagnóstico sobre a causa só sai após o óbito do paciente.

 

>> Secretário diz que única medida de evitar curva crescente da covid-19 é reduzir a circulação de pessoas

>> Por causa do desrespeito da população, Pernambuco chegou à segunda onda de contágio pela covid-19

>> Mais de 70% dos brasileiros acham que pandemia da covid-19 piorou, revela pesquisa

>> Avanço da covid-19: Em 24h, Pernambuco registra maior taxa de mortes do ano e segundo maior número de novos casos da pandemia

 

Casos

O número de casos confirmados desde o início da pandemia chegou a 11.780.820. O total de casos confirmados em um dia foi o 3º mais alto desde o início da pandemia, com 86.982. O maior número de casos de covid-19 foi registrado na quarta, 90.303. O 2º foi no dia 7 de janeiro (87.843).

As informações estão no balanço diário do Ministério da Saúde, divulgado na noite dessa quinta (18). A atualização é elaborada a partir das informações levantadas pelas autoridades estaduais e locais de saúde sobre casos e mortes provocados pela covid-19.

O número de pessoas recuperadas chegou a 10.339.432. Já a quantidade de pacientes com casos ativos, em acompanhamento por equipes de saúde, ficou em 1.153.889.

Os dados em geral são menores aos domingos e segundas-feiras pela menor quantidade de trabalhadores para fazer os novos registros de casos e mortes. Já às terças-feiras eles tendem a ser maiores já que neste dia o balanço recebe o acúmulo das informações não processadas no fim-de-semana.

 

>> Covid-19: "Muitas pessoas estão vivendo como se não houvesse pandemia", diz secretário de saúde

>> Pernambuco internou mais de 100 pessoas doentes de covid-19 em leitos de UTI, por dia

>> Covid-19: "Possibilidade sempre há", diz secretário de Saúde de Pernambuco sobre possível lockdown

>> Covid-19: Pernambuco continua com alta taxa de ocupação de leitos de UTI

>> Covid-19: "Ou todos cooperam, ou vai faltar leitos para quem precisa", diz secretário

 

Estados

O ranking de estados com mais mortes pela covid-19 é liderado por São Paulo (66.178), Rio de Janeiro (34.695), Minas Gerais (21.303), Rio Grande do Sul (16.117) e Paraná (14.389). Já as Unidades da Federação com menos óbitos são Acre (1.156), Amapá (1.206), Roraima (1.269), Tocantins (1.755) e Sergipe (3.210).

Vacinação

Até o início da noite de hoje, haviam sido distribuídas 25,2 milhões de doses de vacinas. Deste total, foram aplicadas 12,9 milhões de doses, sendo 9,6 milhões da 1ª dose e 3,3 milhões da 2ª dose.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.