Pandemia do novo coronavírus

Cidades do Sertão começam quarentena mais rígida nesta quarta; até mercados devem ficar fechados


Decisão de endurecer medidas foi tomadas pelos prefeitos da região para tentar diminuir a contaminação com o novo coronavírus

Gabriel dos Santos Araujo Dias
Gabriel dos Santos Araujo Dias
Publicado em 24/03/2021 às 8:27
Renata Araujo/TV Jornal Interior
FOTO: Renata Araujo/TV Jornal Interior
Leitura:

Moradores de 14 cidades do Sertão pernambucano começam a vivenciar uma quarentena mais rígida a partir desta quarta-feira (24). A decisão de endurecer as regras para atividades comerciais foi tomada pelos prefeitos dos municípios para tentar conter o avanço da covid-19 na região.

Valendo a partir da meia-noite desta quarta até o próximo domingo (28), a quarentena foi determinada por decreto. O texto é idêntico para todas as cidades. Para se ter uma ideia, nem mesmo mercados vão poder abrir. As compras devem ser feitas todas a distância e a entrega feita por delivery. Lojas do comércio, naturalmente, devem permanecer fechadas, e oficinas mecânicas só podem atender casos de urgência ou demandas da Prefeitura.

Integram essa quarentena mais rígida os seguintes municípios: Triunfo, Iguaraci, Ingazeira, Tabira, Santa Terezinha, Afogados da Ingazeira, Carnaíba, Brejinho, Itapetim, São José do Egito, Solidão, Quixaba, e Tuparetama, localizadas no Sertão do Pajeú, além de Sertânia, que fica no Sertão do Moxotó.

Não é lockdown

É importante esclarecer que, apesar do endurecimento das medidas, o que acontece nessas cidades a partir desta quarta-feira ainda não é um lockdown, uma vez que não há restrição da circulação das pessoas nas ruas. Entretanto, as autoridades sanitárias orientam que os moradores só saiam de casa quando for essencial.


Mais Lidas