Calendário do PIS/PASEP é adiado; veja quando trabalhador recebe abono salarial

Tradicionalmente, o PIS/Pasep começa a ser depositado no segundo semestre e termina no primeiro semestre do ano seguinte

ECONOMIA
Calendário do PIS/PASEP é adiado; veja quando trabalhador recebe abono salarial

Pis/Pasep é adiado - Foto: Agência Brasil

Trabalhadores que deveriam receber o abono salarial de 2020 no segundo semestre vão precisar esperar até o ano que vem. É que o calendário do PIS/Pasep foi adiado, por recomendação da Controladoria-Geral da União. 

Tradicionalmente, o PIS/Pasep começa a ser depositado no segundo semestre e termina no primeiro semestre do ano seguinte. O calendário se baseia na data de nascimento no caso do Programa de Integração Social (PIS) e no dígito final da inscrição do servidor público, no caso do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep).

A decisão de modificar o calendário foi aprovada pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), que integra governo, patrões e trabalhadores. Com a decisão, o PIS/Pasep só será pago no início do ano seguinte. 

A mudança foi necessária, de acordo com a Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia, para impedir o descumprimento de regras contábeis e financeiras. O órgão estima uma economia de R$ 7,45 bilhões em 2021. 

Datas de pagamento

As datas de pagamento do abono serão divulgados no início do próximo ano, de acordo com a Agência Brasil. Os empregadores devem enviar os dados dos funcionários a partir do próximo mês de outubro. 

Quem tem direito?

Tem direito ao abono todo trabalhador que recebe até dois salários mínimos, com carteira assinada, que está inscrito há pelo menos cinco anos, e trabalhou pelo menos 30 dias no ano anterior. O valor a ser recebido varia de acordo com o tempo trabalhado. 

O pagamento do PIS/Pasep 2019 começou em julho de 2020 e terminou no último mês de fevereiro. Quem ainda não sacou os recursos tem até 30 de junho para fazer o saque. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.