Violência

Pai é preso suspeito de esfaquear três filhos em Moreno


Um dos filhos esfaqueados pelo pai tem 7 anos, e outra está grávida.

Suzyanne Freitas
Suzyanne Freitas
Publicado em 30/03/2021 às 9:47
Day Santos/TV Jornal
FOTO: Day Santos/TV Jornal
Leitura:

Um pai foi preso suspeito de esfaquear três filhos, dentro de casa em Moreno, no Grande Recife. De acordo com informações de policiais militares, o homem, de 55 anos, que é um agricultor, acordou e foi direto ao quarto dos filhos para cometer a crime. O caso aconteceu por volta das 3h da madrugada, desta terça-feira (30).

Vítimas

Ainda segundo informações, um menino de 7 anos foi esfaqueado na mão, o outro filho, de 31 anos, foi esfaqueado no braço, e a filha, de 32 anos, grávida de cinco meses, foi esfaqueada. O suspeito também tentou esfaquear o genro, com uma foice.

Em entrevista à equipe de reportagem da TV Jornal, uma das vítimas, que foi esfaqueada no braço, contou que tentou defender o irmão mais novo, quando foi agredido. Ele não quis se identificar, mas contou como tudo aconteceu.

"A gente estava dormindo e já se acordou com o barulho do meu irmão pequeno pedindo socorro, aí a gente entrou. Foi quando eu puxei ele, ele soltou e partiu para cima de mim. Não tinha motivo nenhum. Já acordamos com a faca em volta do pescoço do meu irmão mais novo, aí foi na hora que eu vim e puxei, e ele me agrediu", relatou.

A mulher grávida está no Hospital da Restauração, na Área Central do Recife. O estado de saúde dela, segundo o irmão, é estável.

Audiência de Custódia

O caso foi registrado no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O homem foi preso e vai ser encaminhado a audiência de custódia.

Notícias policiais da TV Jornal

Quer ficar acompanhando as notícias policiais da TV Jornal? Você pode ter acesso rápido a todas elas no nosso grupo, no Facebook. Acesse aqui o grupo Notícias Policiais TV Jornal, no Facebook.

>> Homem é assassinado enquanto lanchava em Maria Farinha

>> Homem esfaqueia funcionária terceirizada de agência bancária por suposta informação errada


Mais Lidas