Igreja Católica

Sexta-Feira Santa: Saiba como assistir celebração da Paixão de Cristo ao vivo e online


Por causa da pandemia do novo coronavírus, fieis católicos vão precisar assistir celebração pela internet

Gabriel dos Santos Araujo Dias
Gabriel dos Santos Araujo Dias
Publicado em 02/04/2021 às 11:31
Reprodução/Arquidiocese de Olinda e Recife
FOTO: Reprodução/Arquidiocese de Olinda e Recife
Leitura:

Importante rito da Igreja Católica, a celebração da Paixão de Cristo deverá ser acompanhada por milhares de fieis pela internet nesta sexta-feira (2). Tradicionalmente, a cerimônia costuma reunir centenas de católicos em igrejas de todo o mundo, mas, neste ano, assim como no ano passado, por causa da pandemia do novo coronavírus, as orações vão precisar ser feitas de casa. Veja como assistir ao vivo e online a celebração.

>>> AO VIVO: Clique aqui para assistir a transmissão da celebração da Paixão de Cristo.

A celebração da Paixão de Cristo ao vivo e online começa às 15h. De acordo com a tradição cristã, foi neste horário em que Jesus Cristo morreu na cruz, após ser brutalmente espancado e crucificado por soldados romanos. Neste horário, o bispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, vai celebrar a Paixão de Cristo direto da Catedral Metropolitana do Santíssimo Salvador, no Alto da Sé, em Olinda.

Com poucos fieis na igreja, a cerimônia será transmitida pelo YouTube da Arquidiocese. O site da Rádio Jornal também vai transmitir a Paixão de Cristo. Para assistir, clique neste link.

Paixão de Cristo

Na Sexta-Feira Santa, os católicos rememoram os últimos passos de Jesus Cristo em direção ao Monte Calvário, também chamado de Gólgota, onde a Bíblia diz ter sido o local da crucificação. Em uma cerimônia que costuma emocionar muitos cristãos, o líder da cerimônia, um padre ou bispo, se deita no chão, como forma de respeito à memória do Cristo.

Costumeiramente, há também um momento da celebração em que os fieis beijam uma cruz. No entanto, neste ano, em face da pandemia, o beijo na cruz não será realizado por quem estiver dentro das igrejas.


Mais Lidas