Desaprovação a Bolsonaro aumenta e atinge 60%, diz pesquisa XP/Ipespe

Por outro lado, aprovação do presidente Jair Bolsonaro caiu de 38% para 33%

POLíTICA
Desaprovação a Bolsonaro aumenta e atinge 60%, diz pesquisa XP/Ipespe

Jair Bolsonaro - Foto: Divulgação/Marcos Corrêa/Presidência da República

Aumentou o número de pessoas que desaprovam a forma como o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) administra o Brasil. De acordo com pesquisa XP/Ipespe, o índice subiu de 56% para 60% da população. Os dados foram revelados nessa segunda-feira (5).

A popularidade do presidente, por outro lado, caiu. Saiu de 38% na última pesquisa para 33% na atual enquete. A previsão para o futuro também não é favorável. Para 45% dos entrevistados, a expectativa para o restante do mandato de Bolsonaro é ruim ou péssima. 23% disseram que a expectativa é que o fim do governo será regular e apenas 28% afirmaram que será ótima ou boa. 

Como um todo, o governo federal (incluindo ação dos ministros e secretários de Bolsonaro) é avaliado colsonaroomo ruim ou péssimo para 48% dos entrevistados. Na última pesquisa, realizada em outubro, este número era bem menor: 31%. A avaliação positiva da atual gestão caiu de 39% para 27%. 

Eleições 2022

Na pesquisa, os entrevistados também foram apresentados a possíveis cenários para as eleições presidenciais do ano passado. De acordo com o levantamento, o ex-presidente Lula está numericamente à frente do atual presidente, Jair Bolsonaro, nas intenções de voto. O petista aparece com 29% de intenção de voto, enquanto o atual mandatário tem 28%. 

No segundo turno, Lula teria 42% dos votos, enquanto Bolsonaro teria 38%. Contra Ciro Gomes e Sérgio Moro, Bolsonaro aparece empatado. 30% com Moro e 38% com Ciro.  O ex-ministro Sérgio Moro e ox-candidato Ciro Gomes aparecem empatados com 9% de intenção de votos. 

Foram feitas mil entrevistas em todo o país entre os dias 29 e 31 de março. A margem de erro é de 3,2% para mais ou para menos.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.