Pedidos por meio eletrônio de certidões de óbitos e nascimentos crescem 162% na pandemia

De acordo com a Arpen-Brasil, as certidões eletrônicas hoje são as mais solicitadas

DOCUMENTO
Pedidos por meio eletrônio de certidões de óbitos e nascimentos crescem 162% na pandemia

Os documentos são necessárias para atos cotidianos que vão do sepultamento de um corpo à concessão de benefício do INSS, divórcios e atendimento na saúde - Foto: Bruno Kelly/Reuters

De acordo com dados da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), os pedidos de segundas vias de certidões de óbitos, nascimentos e casamentos por meio eletrônico cresceram 162% em 2020, se comparado ao ano de 2019.  

A alta é um reflexo do aumento no número de óbitos registrados ao longo da pandemia da covid-19, assim como as restrições à circulação de pessoas e horários reduzidos de atendimento em alguns Estados.

Em números absolutos, os pedidos passaram de 130.019 em 2019 para 340.295 em 2020, sendo que somente nos três primeiros meses de 2021 já totalizam 119.578 pedidos, quase a totalidade de todo o ano de 2019. Na variação mês a mês, os pedidos passaram de 18.090 em março de 2020, quando se iniciou a pandemia, para 42.087 em fevereiro deste ano. Na comparação entre os últimos dois meses de fevereiro, o aumento foi de 145%, enquanto que na comparação entre os meses de março o crescimento foi de 116%. Enquanto que o mês de março de 2019 totalizou 8.595 pedidos, março de 2020 contabilizou 18.090, e março de 2021, 39.135.

As certidões eletrônicas hoje são as mais solicitadas. Em 2020 foram 235.885, enquanto as pedidas em papel totalizaram 104.410. Já nos primeiros três meses deste ano, as certidões digitais já somam 79.898 frente às 39.680 em papel. Na comparação com março do ano passado, as certidões digitais cresceram 116%, enquanto as certidões em papel aumentaram 121,9%, passando de 5064 para 11.239.

Os documentos são necessárias para atos cotidianos que vão do sepultamento de um corpo à concessão de benefício do INSS, divórcios e atendimento na saúde.

Como Usar

Para fazer a solicitação do documento, o portal funciona 24 horas por dia, sete dias por semana e pode ser acessado pelo site clicando aqui. Ao abrir a página escolha o tipo de certidão desejada – nascimento, casamento ou óbito -, depois passe a preencher os campos, com Estado, cidade e nome do cartório, nome da pessoa e data do registro, filiação e dados do registro.

Quanto maior o número de informações preenchidas, mais rápida é a localização do registro e o envio da certidão que, em média, leva até cinco dias úteis. Os preços obedecem à tabela regulamentada em cada Estado da Federação, o que impede a incidência de valores exorbitantes, normalmente cobrados por intermediários ou em sites administrado por despachantes.

Ao fazer a solicitação, o cidadão pode optar por receber a certidão em papel ou digital, em meio eletrônico. Caso opte pelo papel, há a possibilidade de receber o documento pelos Correios ou retirar no Cartório mais próximo de sua residência. Caso a opção seja pela certidão digital, a mesma é enviada para o e-mail do usuário, que pode encaminha-la de forma eletrônica aos órgãos competentes. Caso imprima, passa a ser considerada cópia.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.