Julgamento no STF, vacina do Butantan, nova variante: Veja o que você precisa saber pra começar o dia bem informado

Essas são as principais notícias para você começar o dia bem informado

ASSUNTOS DO DIA
Julgamento no STF, vacina do Butantan, nova variante: Veja o que você precisa saber pra começar o dia bem informado

Dados apresentaram 13 novos casos nas últimas 24h - Foto: Reprodução/NE10 Interior

Victor Tavares | vtavares@ne10.com.br

Veja o que você precisa saber para começar o dia bem informado

Fiocruz quer entregar mais 18,4 milhões de doses da vacina contra o coronavírus até 02/05. Com atraso na chegada de insumos, Instituto Butantan suspende envasamento de doses da CoronaVac. UFMG detecta possível nova variante da covid-19 em Belo Horizonte. Gilmar Mendes vota contra liberação de cultos e missas na pandemia; julgamento no STF é suspenso. Brasil terá menos vacina para a covid-19 disponíveis em abril. Mesmo abaixo da média nacional, letalidade por covid-19 sobe para 2,4% em Pernambuco. Empresários de Pernambuco estão divididos em relação ao projeto de Lei que permite compra de vacinas pela iniciativa privada. 

Vacina do Butantan

O envase de doses da vacina contra covid-19 CoronaVac foi temporariamente suspenso pelo Instituto Butantan após atraso na chegada de matéria-prima vinda da China, produzida pela farmacêutica Sinovac. No entanto, segundo o órgão, o calendário de entrega do imunizante ao Ministério da Saúde não deverá ser afetado. À GloboNews, o diretor do instituto, Dimas Covas, negou, nesta quarta-feira (7), qualquer anormalidade no trâmite, e disse que o lote de matéria-prima que estava previsto para esta quinta-feira (8) deve chegar ao País na próxima semana por causa de um atraso no despacho. "A matéria-prima está pronta para o embarque na China, houve um problema burocrático. Não há anormalidade. Não há retenção de vacina da China. Não há nenhum ruído de comunicação entre o Brasil e a China nem entre o Butantan e a Sinovac", explicou.

De acordo com o governo paulista, os primeiros a receber as doses da Coronavac serão profissionais de saúde e pessoas com mais de 60 anos
De acordo com o governo paulista, os primeiros a receber as doses da Coronavac serão profissionais de saúde e pessoas com mais de 60 anos
Divulgação/Instituto Butantan

Letalidade pela covid-19

Após fechar o mês de março com indicadores que comprovam a aceleração da covid-19, Pernambuco continua com crescimento do número de casos e óbitos, além de manutenção de níveis altos na incidência de quadros graves sugestivos da infecção. Somado a isso, o Estado continua a registrar uma alta taxa de ocupação dos leitos não apenas de terapia intensiva (UTI), mas também de enfermaria nas redes públicas e privadas. Assim como tem ocorrido em todo o Brasil, Pernambuco segue com circulação intensa do novo coronavírus, o que foi iniciado em março, quando se alcançou uma taxa de letalidade, entre os infectados, de 2,4%. Esse indicador se encontrava em torno de 1,6% no fim do ano passado. O índice ainda é menor do que o do Brasil, que teve o último mês com 3% de taxa de letalidade — maior também do que o que foi alcançado em dezembro (1,6%). A taxa de letalidade é um termômetro importante para avaliar os efeitos da pandemia porque considera a quantidade de pessoas que morreram pela covid-19 em relação à quantidade de infectados pelo vírus. Trata-se de um conceito diferente de taxa de mortalidade, que avalia o volume de pacientes que morreram pela doença em relação à população total de uma localidade.

Os leitos já estão à disposição dos pacientes de covid-19, a partir desta segunda-feira (29)
Os leitos já estão à disposição dos pacientes de covid-19, a partir desta segunda-feira (29)
Hélia Scheppa/SEI

Nova variante

Análise feita pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) alerta para uma possível nova variante do coronavírus identificada na cidade de Belo Horizonte. Os pesquisadores identificaram dois novos genomas com um conjunto de mutações não descrito até então, o que pode caracterizar uma nova variante do SARS-CoV-2, vírus que causa a covid-19. A informação foi divulgada pela instituição nesta quarta-feira (7). A análise foi realizada pelo Laboratório de Biologia Integrativa do Instituto de Ciências Biológicas (ICB) da universidade e pelo Setor de Pesquisa e Desenvolvimento do Grupo Pardini, em colaboração com o Laboratório de Virologia Molecular da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e com a prefeitura da capital mineira.

Dados apresentaram 13 novos casos nas últimas 24h
Dados apresentaram 13 novos casos nas últimas 24h
Reprodução/NE10 Interior

Julgamento no STF

O ministro Gilmar Mendes votou, nesta quarta-feira (7), contra a liberação de cerimônias religiosas presenciais, como cultos e missas, por causa da pandemia da covid-19. Após o voto dele, o julgamento do tema no Supremo Tribunal Federal (STF) foi interrompido e será retomado nesta quinta-feira (8). O STF julga ação ajuizada pelo Partido Social Democrático (PSD) contra decreto do governo de São Paulo que estipula uma série de medidas emergenciais voltadas ao combate à pandemia de covid-19. Entre as restrições previstas está a proibição de realização presencial de cultos, missas e demais atividades religiosas de caráter coletivo. O Plenário analisa se referenda decisão do relator da ação, Gilmar Mendes, que indeferiu o pedido de medida cautelar para a suspensão do decreto estadual, mantendo as restrições. A decisão que será tomada também deve pacificar a questão. Em outra decisão, o ministro Nunes Marques atendeu ao pedido de liminar feito pela Associação Nacional de Juristas Evangélicos (Anajure) e liberou a realização de cultos, desde que os protocolos sanitários sejam respeitados.

STF derruba validade da prisão após a segunda instância
STF derruba validade da prisão após a segunda instância
CARLOS ALVES MOURA

Iniciativa privada

Os empresários pernambucanos estão divididos em relação a aprovação nesta terça-feira (6) pela Câmara dos Deputados do texto base do Projeto de Lei 948/21, que permite à iniciativa privada comprar vacinas para a imunização de seus empregados. A reportagem do Jornal do Commercio procurou representantes dos setores da indústria e comércio e encontrou posicionamentos divergentes. O presidente do Movimento Pró Pernambuco, associação criada no ano passado que reúne 32 entidades representativas da Indústria, Comércio, Serviços, além de profissionais liberais, Avelar Loureiro Filho, revelou que entre os empresários do MPP o assunto não é unânime.

Novas doses de vacinas contra a Covid-19 chegam a Pernambuco.
Novas doses de vacinas contra a Covid-19 chegam a Pernambuco.
Heudes Regis/SEI

 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.