Policiais militares começam a ser imunizados contra covid-19 em Pernambuco

Ao todo, foram disponibilizadas 1.221 doses da vacina Coronavac

PANDEMIA
Policiais militares começam a ser imunizados contra covid-19 em Pernambuco

Os policiais convocados devem comparecer aos pontos de vacinação - Foto: Paulo Daniel/TV Jornal

Policiais militares começaram, nesta quinta-feira (8), a ser imunizados contra o novo coronavírus (covid-19), em Pernambuco. Nesta primeira remessa, serão imunizados apenas os militares do policiamento ostensivo, a partir dos 50 anos, o que representa 7% da corporação.

Ao todo, foram disponibilizadas 1.221 doses da vacina Coronavac. Dessas, 450 são para policiais do Recife e da Região Metropolitana. O restante será destinado para os militares do Interior do Estado.

Pontos de vacinação

Os policiais convocados devem comparecer aos pontos de vacinação. No Grande Recife, as doses estão disponíveis no 1º batalhão, em Olinda, no 6º batalhão, em Jaboatão dos Guararapes, e na sede do 1º BPTRAN, no Recife.

>> Cerca de 12 mil pessoas faltaram a vacinação contra covid-19 no Recife; saiba o que fazer para receber as doses

>> Por que, mesmo com a vacina, as pessoas podem ser infectadas pela covid-19? Médica explica

 

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.
  • Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).
  • Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.