Apesar de alto número de casos, Brasil ainda não exige teste negativo de covid-19 para viajantes que vêm de outros países

Correspondente da Rádio Jornal em Washington, Fabíola Góis viajou esta semana dos EUA para o Brasil e comprovou que teste não é sequer solicitado

PANDEMIA DO NOVO CORONAVíRUS
Apesar de alto número de casos, Brasil ainda não exige teste negativo de covid-19 para viajantes que vêm de outros países

Imagem ilustrativa. - Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A correspondente da Rádio Jornal em Washington, nos Estados Unidos, Fabíola Góis, fez um relato preocupante no Passando a Limpo desta terça-feira (27). Mesmo com os altos números de casos e mortes causadas pela covid-19 em território nacional, o Brasil segue sem exigir testes que comprovem que passageiros vindos de outros países não estão entrando no país com o novo coronavírus. 

Fabíola, que mora nos EUA, veio ao Brasil nessa segunda-feira (26). Ela saiu do aeroporto de Washington tendo de respeitar o rigoroso protocolo estabelecido pelas autoridades norte-americanas. “Para sair dos Estados Unidos, além do passaporte, precisei apresentar um teste comprovando que não estava com covid e o comprovante de que já estava vacinada”, explicou. 

No Brasil, no entanto, Fabíola foi surpreendida com a falta de rigidez na barreira sanitária. “Não me pediram teste de covid para entrar no Brasil. E, assim, não é porque eu tenho passaporte diplomático. É porque eles não estão com essa fiscalização toda. E a gente entende porque o Brasil está com esses números todos. O formulário da Anvisa também não foi pedido”, comentou. 

O cenário brasileiro é semelhante com o do Panamá, pobre país caribenho, onde o voo da Copa Airlines que trouxe Fabíola ao Brasil fez escala. Por lá, a brasileira também não precisou apresentar teste nem para entrar nem para sair. 

Surpreendente

Na entrevista no Passando a Limpo, Fabíola comentou que só vai conseguir voltar aos Estados Unidos porque tem visto de residência. “Brasileiros não conseguem fazer turismo nos Estados Unidos desde o ano passado. Essa vinda ao Brasil me surpreendeu pela falta de exigência das autoridades brasileiras com relação à covid”, analisou.

Ouça entrevista

TAGS

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.