LUTO

Quem era Patrícia Roberta? Amigos e familiares lembram com carinho de jovem pernambucana morta na Paraíba


Patrícia Roberta, de 22 anos, foi encontrada morta em João Pessoa; garota estava desaparecida desde o domingo (25/04)

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 29/04/2021 às 15:18
Reprodução/Instagram
FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

O clima na casa da avó materna de Patrícia Roberta Gomes da Silva, de 22 anos, jovem caruaru que foi morta em João Pessoa, na Paraíba, era de extrema dor e sofrimento, nesta quinta-feira (29). A jovem de Caruaru tinha um forte vínculo de carinho com todos, principalmente com os de casa, segundo a família da garota.

“Nós somos uma família muito unida. Não precisava ter uma data comemorativa, muitas vezes ela dizia ‘vou almoçar na sua casa’, ‘vamos fazer um jantar’, ‘vamos fazer um churrasquinho’. Sem falar os dias como dia das mães, aniversário”, contou a tia de Patrícia, Verônica Josefa.

>> Caso Patrícia Roberta: Veja os desenhos macabros encontrados no apartamento de suspeito de matar pernambucana

>> Lista com nomes de mulheres, incluindo Patrícia Roberta, é achada no apartamento do suspeito de matar jovem de Caruaru

>> Caso Patrícia Roberta: Polícia não descarta assassinato relacionado ao ocultismo; saiba o que é

Alegre e descontraída

Por ser uma garota alegre e descontraída, sempre manteve um grande círculo de amizades, principalmente na escola.

No colégio em que estudou o ensino médio entre os anos de 2013 e 2016 e, na sala de aula, revelava as metas e sonhos que tinha. “Patrícia era uma menina muito criativa, participativa. Não só Patrícia, mas todos os familiares dela sempre estiveram muito envolvidos entre a comunidade e a escola. Ela era uma menina que tinha um senso crítico muito aguçado, o que nos trouxe surpresa com o caso”, disse a professora Soraya Santana.

Amiga conhecia suspeito do crime

A amiga Tirza Cesário lembra com carinho da amiga. “A gente estudou um tempo no mesmo colégio. Isso só nos deixou mais unidas (...) A gente sempre se falava. Ela sempre foi uma amiga incrível, e me apoiou em tudo”, disse Tirza Cesário.

Tirza disse que conheceu Jonathan quando tinha 15 anos e lembra que ele e Patrícia tiveram uma relação quando o suspeito ainda morava em Caruaru. "Conheci ele faz um bom tempo. Na época, ele já ia morar em João Pessoa, mas eles tinham um tipo de relacionamento e mantiveram a relação pela internet"

Empolgada para viagem

Na última sexta-feira, Patrícia deixou tudo organizado na empresa em que trabalhava como vendedora e seguiu para João Pessoa. Segundo um colega de trabalho, ela tinha feito hora extra para conseguir folgar todo o final de semana. “Ela fez algumas horas durante a semana para poder folgar no sábado. Ela estava bem feliz e empolgada com essa viagem. Disse que ia rever um amigo de muito, que iria para a praia. Ela compartilhou com todo mundo [sobre a viagem], porque ela estava muito feliz”, contou Levy Gomes.

Entenda o caso

A jovem Patrícia Roberta Gomes da Silva, de 22 anos, foi encontrada morta na terça-feira (27). Segundo a família, Patrícia saiu de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, na sexta-feira (23), por volta das 17h, para encontrar um amigo em João Pessoa, capital da Paraíba. O último contato da jovem com os pais foi às 12h do domingo (25).

Patrícia havia informado aos familiares que retornaria na segunda-feira (26), mas os pais acharam estranho a falta de contato da jovem, desde o domingo (25), já que eles se falavam sempre, desde que a jovem saiu de casa, na sexta-feira (23).

O principal suspeito pelo assassinato da pernambucana Patrícia Roberta Gomes, de 22 anos, passou por audiência de custódia, nesta quarta-feira (28), em João Pessoa, e teve a prisão preventiva decretada pelo Tribunal de Justiça da Paraíba.

Jonathan Henrique Conceição dos Santos, de 23 anos, foi preso em flagrante, na terça-feira (27), pelos crimes de feminicídio e destruição, subtração ou ocultação de cadáver. A prisão em flagrante foi convertida em preventiva.

Cronologia do caso Patrícia Roberta

Dias antes do crime: Patrícia pede ajuda a uma prima para comprar passagem para João Pessoa, na Paraíba, e diz que vai se encontrar com o amigo.

Sexta-feira (23/04/2021): A jovem saiu de casa na sexta-feira (23). Antes de seguir para João Pessoa, ela passou pelo Recife.

Domingo (25/04/2021): Patrícia envia mensagem para a mãe dizendo que estava trancada no apartamento do amigo. Depois, em outra mensagem, ela diz que estava tudo bem, mas para de responder as mensagens da mãe.

Segunda-feira (26/04/2021): Patrícia deveria voltar para casa na segunda-feira, no entanto, não aparece nem dá notícias.

Terça-feira (27/04/2021) - Madrugada: Vizinhos do suspeito ligam para a Polícia informando que viram o homem com um material suspeito, que parecia com um corpo.

Terça-feira (27/04/2021) - Tarde: O corpo de Patrícia é encontrado em um matagal a dois quilômetros de distância da residência do principal suspeito.

Terça-feira (27/04/2021) - Noite: Suspeito de matar a jovem, Jonathan Henrique dos Santos foi preso em uma casa em João Pessoa.


Mais Lidas