Juliette: infância pobre, morte de irmã, auxílio emergencial e vida amorosa; conheça a biografia da vencedora do BBB 21

Final do BBB 21 aconteceu na noite da terça-feira (4) e paraibana Juliette Freire foi a grande vencedora do prêmio de R$ 1,5 milhão

ENTRETENIMENTO
Juliette: infância pobre, morte de irmã, auxílio emergencial e vida amorosa; conheça a biografia da vencedora do BBB 21

Juliette é a grande favorita ao prêmio de R$ 1,5 milhão - Foto: Reprodução/Redes sociais

Quem acompanhou a 21ª edição do Big Brother Brasil, da TV Globo, conseguiu prever a vitória de Juliette Freire, de 31 anos, na final que aconteceu na terça-feira (4), com a mesma certeza que apostou na eliminação da cantora Karol Conká, ainda nas primeiras semanas do reality show. Carismática, com uma história de vida emocionante e envolvida em várias polêmicas dentro da “casa mais vigiada do país”, Juliette recebeu poucos votos nos paredões que podiam eliminá-la, arrasta uma multidão de fãs - entre eles, famosos consagrados -, já tem promessa de estrelar várias campanhas publicitárias, teve uma rápida ascensão nas redes sociais e conseguiu um feito incrível no Instagram: saiu dos modestos 3 mil seguidores que acumulava quando entrou no programa em janeiro, para 25,3 milhões até a manhã desta quarta (5). Mas, afinal de contas, quem é Juliette? 

Juliette Freire nasceu em 3 de dezembro de 1989, na cidade de Campina Grande, no interior da Paraíba. Desvenda-se, então, uma das primeiras perguntas que muita gente faz ao Google: Juliette é do signo de Sagitário (com ascendente em Peixes, Sol em Sagitário e Lua em Aquário). Filha da cabeleireira Dona Fátima e do mecânico Seu Lourival, cresceu em uma família simples entre os bairros de Pedregal e Zé Pinheiro. As dificuldades financeiras a acompanharam ao longo de toda a vida e, em 2020, ela recebeu o auxílio emergencial por causa da crise causada pela pandemia do novo coronavírus. Veja detalhes sobre a história de Juliette:

Juliette comentou sobre o 'Sem Meias Palavras' no BBB21
Juliette no BBB21
Reprodução/Globo

Infância pobre

Juliette cresceu em uma família muito pobre e, segundo reportagem do UOL, aos seis anos já ajudava a mãe em um salão de beleza. Ela tem quatro irmãos mais velhos: Washington, de 38 anos, Lourival Junior, de 43, Otto, de 42, e José Valdelino, de 35. A relação com os quatro é de muita amizade e também foi pauta dentro do programa. Logo no início do jogo, Juliette revelou um trauma de infância e disse, em conversa com Sarah, que ver Lukas Penteado (outro emblemático participante desta edição) fazia ela lembrar dos irmãos.

“Eu já me ‘lasquei’ por ajudar meus irmãos que moravam comigo. E tem um agravante: minha família é pobre, muito pobre. Meus irmãos eram mais pobres que eu, tipo ‘materialmente’. Vieram quatro irmãos de uma vez só. Minha mãe não tinha nenhum filho, tinha perdido um. Aí ela ficou com meu pai e descobriu que ele já era ‘casado’ e tinha quatro lhos. A ex-mulher do meu pai deixou ele com os quatro filhos. Minha mãe conta que chegou lá, tinha os quatro meninos com 'feridas' na cabeça, dormindo em um papelão, todo cheio de xixi. Ela se sentiu culpada e foi morar com meu pai e depois de três anos eu nasci”, relembrou Juliette. “Então quando eu olho para Lucas, sinto que é o meu irmão que tá dormindo no chão, do meu lado. E eu não consigo olhar para ele, porque eu não sei lidar com isso”, explicou. 

Juliette com a mãe na infância
Juliette com a mãe na infância
Arquivo pessoal

Um dos irmãos de Juliette, Washington confirma a história. “Quando meus pais se separaram, foi algo muito turbulento. Minha mãe não teve estrutura e deixou a gente com minha avó paterna. O que ela contou, sobre a gente dormir no chão da casa, é verdade”, relembrou Washington em entrevista ao jornal Extra, do Rio de Janeiro. “Não a tratávamos como princesinha, não. Juliette nunca foi mimada, cortou um dobrado com a gente. Mas isso a ajudou a se tornar forte”, disse. 

Juliette com os pais na formatura do curso de Direito
Juliette com os pais na formatura do curso de Direito
Divulgação

Tragédia familiar

Aos 19 anos, Juliette viu a irmã mais nova, Julienne, à época com 17 anos, morrer vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico. “Quando eu nasci, eu já me senti culpada, porque eu era uma única filha da minha mãe. Depois a minha irmã que tirou minha culpa, só que ela morreu”, comentou Juliette tambem na conversa com Sarah.

De acordo com amigos, Juliette e Julienne eram muito amigas e a morte da caçula resultou em um baque muito forte para a participante do BBB. “Juliette estava para Julienne muito mais como uma mãe do que como irmã” , contou Deborah Vidjinsky, amiga de Juliette, ao GSshow.

Durante a seletiva para o programa, Juliette explicou que sua personalidade está muito relacionada à morte da irmã. “Eu assumo o risco de viver. Era uma pessoa antes dela morrer e outra depois. É como se sentisse que minha vida é breve e eu preciso fazer o que posso para aproveitá-la. Seja lutando pelo que quero na vida ou em um jogo”, disse Juliette. 

Alguns dos momentos mais emocionantes de Juliette na casa foram quando a paraibana cantou a música “Dona Cila” em homenagem à irmã falecida. 

Veja Juliette cantando Dona Cila:

Adolescência

De acordo com a família e amigos, na adolescência, Juliette passou por várias fases. Foi roqueira e religiosa. Também sofreu por um amor não correspondido e sofreu por pressões sociais relacionadas ao próprio peso. 

Vida na capital

Depois de passar no vestibular para o curso de Direito, Juliette deixou Campina Grande e foi morar em João Pessoa. Na capital da paraíba, foi dividir apartamento com uma amiga e começou a trabalhar como maquiadora, para poder pagar as contas.

“Ganho muito mais maquiando do que advogando. De segunda à sexta, eu estudo para concurso, e atendo aos finais de semana ou com horário agendado”, explicou Juliette à equipe da TV Globo. Antes de entrar para o Big Brother, a sister sonhava com um concurso para delegada da Polícia Civil.

Dificuldade financeira na pandemia e auxílio emergencial

Há quatro anos, Juliette e outras três amigas abriram um estúdio de maquiagem em João Pessoa. Mas, com a pandemia do novo coronavírus, as clientes desapareceram a empresa precisou ser fechada. 

Autônoma, Juliette foi uma das 70 milhões de pessoas a receber as parcelas do auxílio emergencial de R$ 600 destinado a trabalhadores informais atingidos pela crise financeira causada pela pandemia, segundo o jornal Extra. A última parcela foi recebida pouco antes do confinamento. 

Festeira

Segundo os amigos, Juliette é muito festeira - isso foi comprovado durante as festas do Big Brother, onde a sister sempre cantou e dançou bastante. "É a que comanda todas as baladas! Inimiga do fim, se a festa estiver ruim ela deixa boa, mas ela não estiver a fim nem adianta insistir " , disse a amiga Deborah, ao GShow.

Juliette e irmãos mais velhos durante formatura
Juliette e irmãos mais velhos durante formatura
Arquivo Pessoal

Vida amorosa

Segundo a amiga, até hoje, Juliette só teve dois relacionamentos sérios. “Tem que ser alguém com conteúdo”, explicou a amiga. Nas seletivas, Juliette prometeu à Globo que iria paquerar dentro da casa. “Não sei se vou fazer casal, mas paquerar eu vou”, disse. Na casa, efetivamente, a maquiadora flertou com Rodolffo e, agora, na reta final, deu até selinho em Fiuk. Será que esse namoro sai fora da casa?

Juliette e Fiuk se beijam no BBB 21 durante brincadeira
Juliette e Fiuk se beijam no BBB 21 durante brincadeira
Reprodução/TV Globo

Personalidade

De personalidade forte, Juliette não tem medo de colocar seu ponto de vista. “Gosto de lavar roupa suja. Não espero um dia para resolver uma coisa porque senão não durmo. Fico agoniada, ansiosa querendo resolver. Sempre faço DR”, disse na seletiva.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.