ASSUNTOS DO DIA

Presidente da Anvisa na CPI, pendências da Sputnik V, números da pandemia: Veja o que você precisa saber pra começar o dia bem informado


Essas são as principais notícias para você começar o dia bem informado

Victor Tavares
Victor Tavares
Publicado em 11/05/2021 às 6:06
Adriana Toffetti/A7 Press/Estadão
FOTO: Adriana Toffetti/A7 Press/Estadão
Leitura:

Veja o que você precisa saber para começar o dia bem informado

CPI ouve presidente da Anvisa e pode convocar ministros e governadores. Estados Unidos aprovam aplicação da vacina da Pfizer em adolescentes a partir de 12 anos. Ministro do STF dá 48h para que Anvisa informe quais as pendências da vacina Sputnik V, comprada por governadores do Nordeste. Brasil registra 1.018 mortes por covid-19 nas últimas 24h. O tema do 'Debate da Super Manhã' é 'Desenvolvimento econômico e preservação ambiental'.

Presidente da Anvisa

A CPI da Pandemia ouve nesta terça-feira (11) o presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres. Ele deve falar sobre o processo de liberação de vacinas contra o coronavírus. A reunião está marcada para as 10h. A convocação de Barra Torres é resultado de quatro requerimentos apresentados à CPI. O primeiro deles, do senador Angelo Coronel (PSD-BA), questiona o fato de a Anvisa ter negado autorização à vacina Sputnik V, produzida pelo laboratório russo Gamaleya.

Ainda na avaliação de Antônio Barra Torres, toda uma estrutura mundial vai ter que se reorganizar
Ainda na avaliação de Antônio Barra Torres, toda uma estrutura mundial vai ter que se reorganizar
Divulgação/Anvisa

Prazo do STF

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu 48 horas para que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informe detalhadamente quais são os documentos pendentes para uma análise definitiva do pedido de autorização temporária para importação da vacina russa Sputnik V no mês passado, a diretoria colegiada da agência rejeitou por unanimidade a solicitação de governadores, embasando sua decisão na falta de dados básicos e em falhas identificadas pela área técnica.

Sputnik V é considerada segura e eficaz
Sputnik V é considerada segura e eficaz
Reuters/Direitos reservados

Vacina da Pfizer

A agência reguladora de medicamentos dos Estados Unidos (FDA) anunciou, nesta segunda-feira (10), que autorizou a vacina contra covid-19, da Pfizer/BioNTech, para adolescentes de 12 a 15 anos. A medida é "um passo importante na luta contra a pandemia" e "permite que uma população mais jovem seja protegida contra a covid-19", afirmou Janet Woodcock, comissária interina da FDA, em comunicado.

Estudos feitos em Israel comprovaram a eficácia da vacina da Pfizer/BioNTech.
Estudos feitos em Israel comprovaram a eficácia da vacina da Pfizer/BioNTech.
Reprodução/NE10 Interior

Números do Brasil

A média de óbitos diários por covid-19 caiu 31% no País em um mês. A média desta segunda-feira (10) levando em consideração os registros dos últimos sete dias, ficou em 2.087 ante a marca de 3.025 em 10 de abril, segundo o consórcio de veículos de imprensa. Os dados têm mostrado tendência de redução no Brasil nas últimas semanas, mas especialistas alertam para o patamar elevado que a doença mantém nas cidades brasileiras. Além disso, as flexibilizações nas medidas de isolamento social podem resultar em nova pressão sobre os hospitais. Nas últimas 24 horas, o Brasil registrou 1.018 novos óbitos, chegando a um total de 423.436 vítimas do novo coronavírus

Covas sendo abertas no Cemitério Parque das Flores, no Recife
Covas sendo abertas no Cemitério Parque das Flores, no Recife
Bobby Fabisak/JC Imagem

Debate da Super Manhã

Nesta terça-feira (11), 'Desenvolvimento econômico e preservação ambiental', às 11h. Wagner Gomes conversa com o economista Sandro Prado, a ambientalista Soraya El-deir e Guilherme Coelho.

Debate da Super ManhãDebate da Super Manhã

Artes JC


Mais Lidas