Casa de repouso tem surto de covid-19, e 21 idosos estão infectados em Salgueiro, no Sertão de Pernambuco

Todos os 21 idosos passam bem. Direção da casa de repouso acredita que vacina CoronaVac impediu agravamento dos doentes

PANDEMIA DO NOVO CORONAVíRUS
Casa de repouso tem surto de covid-19, e 21 idosos estão infectados em Salgueiro, no Sertão de Pernambuco

Idosos fazem parte do grupo de risco da covid-19 - Foto: Reprodução/ TV Jornal

Vinte e um idosos que moram em uma casa de repouso no município de Salgueiro, no Sertão de Pernambuco, estão com covid-19. O surto foi confirmado pela instituição, que adiantou que todos os idosos passam bem. Os moradores da instituição de longa permanência foram os primeiros a serem vacinados com a CoronaVac no município, ainda em janeiro, e a direção da casa de repouso acredita que a imunização foi determinante para evitar o agravamento no quadro de saúde dos idosos. 

Além dos 21 idosos, três funcionários do Lar São Vicente de Paulo também testaram positivo para a covid-19. Os exames foram realizados entre 10 e 11 de maio (segunda e terça desta semana). 

“Tomamos todos os cuidados possíveis na prevenção da covid, mas algumas saídas são necessárias, e a exposição em algum momento aconteceu. Realizamos monitoramento diário em funcionários e idosos, mas a vacina, cumprindo seu papel, minimiza os sintomas, fazendo com que o vírus possa ser transmitido de forma silenciosa e, atrelado ao alto poder de contágio de algumas variantes, acabou dificultando o bloqueio e levando a esse quantitativo de casos positivos”, disse a direção da instituição por meio de nota. 

Os idosos estão sendo acompanhados pelo serviço de saúde de Salgueiro e estão bem. “Até a presente data, todos os 21 idosos estão bem e monitorados diariamente pela equipe de saúde do município”, esclareceu a instituição. No final da nota, a direção pediu orações pelos idosos. 

CoronaVac

O último estudo publicado pelo Instituto Butantan pode confirmar o que disse a instituição de longa permanência de Salgueiro. De acordo com os cientistas, a eficácia da CoronaVac reduz entre 83,7% e 100% os casos de necessidade de assistência médica. 

Na Indonésia, um estudo divulgado nesta semana mostrou que a CoronaVac foi 96% eficaz na prevenção de internações em profissionais de saúde daquele país vacinados com o imunizante.

A primeira idosa vacinada na cidade de Salgueiro é, justamente, uma moradora do Lar São Vicente de Paulo. A imunização foi feita no dia 19 de janeiro. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.