ASSUNTOS DO DIA

Pesquisa Datafolha, CPI da Pandemia, vacinas da Pfizer: Veja o que você precisa saber pra começar o dia bem informado


Essas são as principais notícias para você começar o dia bem informado

Victor Tavares
Victor Tavares
Publicado em 13/05/2021 às 6:12
FOTO: MONTAGEM SOBRE FOTOS/EDITORIA DE ARTES
FOTO: FOTO: MONTAGEM SOBRE FOTOS/EDITORIA DE ARTES
Leitura:

Veja o que você precisa saber para começar o dia bem informado

O ex-presidente Lula (PT) venceria o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em todos os cenários, segundo pesquisa Datafolha. Pernambuco não segue o Ministério da Saúde e decide retomar vacinação de grávidas e puérperas sem comorbidades com Pfizer. CPI da Pandemia ouve ex-presidente da Pfizer nesta quinta-feira (13). Novo lote de vacinas da Pfizer chega ao Brasil. O tema do 'Debate da Super Manhã' é 'Financiamento imobiliário'.

Datafolha

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera as intenções de voto para as eleições de 2022, segundo dados apresentados na pesquisa divulgada nesta quarta-feira (12) pelo Instituto Datafolha. De acordo com o levantamento, o atual chefe do Executivo, Jair Bolsonaro (sem partido), aparece como segundo colocado, com 23%, contra 41% do petista. Em um eventual cenário de segundo turno contra Bolsonaro, Lula ganharia de 55% a 32%. O ex-presidente receberia a maioria dos votos dados a Doria, Ciro e Huck, enquanto o atual mandatário herdaria a maior fatia dos que optam por Moro.

CPI da Pandemia

A CPI da Pandemia ouve nesta quinta-feira (13) o ex-presidente da Pfizer no Brasil, Carlos Murillo. Ele comandava a representação brasileira da empresa farmacêutica norte-americana quando se iniciaram as negociações com o governo brasileiro para a compra de vacinas contra o coronavírus. Em depoimento à CPI, o ex-secretário de Comunicação Social do governo, Fabio Wajngarten, confirmou que o contato da Pfizer com autoridades brasileiras se deu no dia 12 de setembro.

Ex-secretário de Comunicação, Fabio Wajngarten disse à revista Veja que o Ministério da Saúde foi responsável pelo atraso das vacinas   Fonte: Agência Senado
Ex-secretário de Comunicação, Fabio Wajngarten disse à revista Veja que o Ministério da Saúde foi responsável pelo atraso das vacinas Fonte: Agência Senado
Marcos Oliveira/Agência Senado Fonte: Agência Senado

Vacinação de grávidas

Pernambuco vai descentralizar a imunização de gestantes e puérperas contra a covid-19 com a vacina da Pfizer/BioNTech para o interior do Estado, totalizando quatro polos macrorregionais. O imunizante será destinado às gestantes e puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto), com e sem comorbidades. Essa foi uma decisão tomada pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) e pelos gestores municipais, durante a reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), realizada na tarde desta quarta-feira (12). Essa definição teve ainda o aval do Comitê Técnico Estadual para Acompanhamento da Vacinação contra a Covid-19. A decisão de Pernambuco não segue a recomendação, feita na terça-feira (11), pelo Ministério da Saúde, que orientou a suspensão da vacinação de gestantes que não tenham comorbidades.

No caso das vacinas Coronavac e da Pfizer, o Ministério autoriza o uso apenas nos casos de mulheres com comorbidades
No caso das vacinas Coronavac e da Pfizer, o Ministério autoriza o uso apenas nos casos de mulheres com comorbidades
FOTO: RICHARDSON MARTINS/SESAU

Mais vacinas

O avião carregado com doses da vacina da Pfizer/Biontech compradas pelo Brasil chegou ao Aeroporto de Viracopos, em Campinas, interior paulista, na noite desta quarta-feira (12). O lote é o terceiro de um contrato para 100 milhões de vacinas. O Ministério da Saúde informou que o novo carregamento contém cerca de 628 mil doses. Somando os três lotes já recebidos, o país recebeu mais de 2,2 milhões de doses do imunizante.

O Recife deve receber remessa até a segunda-feira (3)
FOTO: TONY WINSTON/MS

Debate da Super Manhã

Nesta quinta-feira (13), 'Financiamento imobiliário', às 11h. Wagner Gomes conversa com o economista Edgard Leonardo e Bruno Lisboa, diretor-presidente da Cehab (Companhia Estadual de Habitação e Obras).

Debate da Super ManhãDebate da Super Manhã

Artes JC


Mais Lidas