ASSUNTOS DO DIA

Pazuello na CPI, novo grupo de vacinação, paralisação dos metroviários: Veja o que você precisa saber pra começar o dia bem informado


Essas são as principais notícias para você começar o dia bem informado

Victor Tavares
Victor Tavares
Publicado em 19/05/2021 às 5:58
Valter Campanato/Agência Brasil
FOTO: Valter Campanato/Agência Brasil
Leitura:

Veja o que você precisa saber para começar o dia bem informado

Recife anuncia vacinação para mais um grupo etário de pessoas com comorbidades. Com denúncia de contratos suspeitos da Saúde e na mira do TCU, Pazuello é ouvido na CPI da Covid. Por vacinas, metroviários param nesta quinta-feira (20) no Grande Recife.

Pazuello na CPI

Um dos depoentes mais aguardados, o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello prestará depoimento à CPI da Covid nesta quarta-feira (19). Além das perguntas que serão feitas pelos senadores, o general deve responder por contratos suspeitos firmados pelo Ministério da Saúde em sua gestão. Documentos foram revelados na noite desta terça (18), pelo Jornal Nacional (JN), da TV Globo.

Eduardo Pazuello é ministro interino da Saúde há mais de um mês
Eduardo Pazuello é ministro interino da Saúde há mais de um mês
Erasmo Salomão/Ministério da Saúde

Novo grupo

O prefeito João Campos anunciou, nesta terça-feira (18), a abertura de um novo grupo de vacinação contra a covid-19 no Recife. A partir das 20h, pessoas a partir de 18 anos com comorbidades listadas no Plano Nacional de Operacionalização (PNO) da vacina, elaborado pelo Ministério da Saúde, poderão agendar o atendimento em um dos centros da cidade. A vacinação para o novo grupo inicia já nesta quarta-feira (19).

No caso das vacinas Coronavac e da Pfizer, o Ministério autoriza o uso apenas nos casos de mulheres com comorbidades
FOTO: RICHARDSON MARTINS/SESAU

Paralisação

Os metroviários da Região Metropolitana do Recife vão cruzar os braços por vacinas contra a covid-19 nesta quinta-feira (20). Sem qualquer perspectiva de imunização, a categoria fará o movimento de 24 horas nacionalmente e poderá contar com a participação dos motoristas e cobradores de ônibus do Grande Recife. Os rodoviários tiveram uma sinalização do governo do Estado na semana retrasada, mas voltaram à estaca zero depois que o Ministério Público de Contas (MPCO) exigiu explicações sobre a possível antecipação da imunização entre os grupos prioritários.

Várias categorias aderiram à paralisação, que teve início às 00h desta desta
Várias categorias aderiram à paralisação, que teve início às 00h desta desta
Reprodução/TV Jornal

Mais Lidas