COMEMORAÇÃO

Cerimônia virtual celebra 15 anos do Instituto do Fígado de Pernambuco


O empresário João Carlos Paes Mendonça participou da cerimônia. Ele é um dos empresários que colabora com o instituto desde o início

Suzyanne Freitas
Suzyanne Freitas
Publicado em 01/06/2021 às 12:30
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

Uma cerimônia foi realizada em comemoração aos 15 anos de existência do Instituto do Fígado de Pernambuco (IFP). A instituição, que é privada sem fins lucrativos, é referência no Brasil no diagnóstico e pesquisa em doenças hepáticas e atende exclusivamente pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). A cerimônia foi transmitida pela internet. O empresário João Carlos Paes Mendonça participou da cerimônia, pois é um dos empresários que colabora com o instituto desde o início.

Na ocasião, João Carlos Paes Mendonça recebeu o diploma de Conselheiro Benemérito do Instituto do Fígado de Pernambuco. A outorga foi entregue simbolicamente pela professora Margarida Cantarelli, membro da Academia Pernambucana de Letras, que falou da trajetória do empresário e da importância dele para o instituto.

"Um trabalhador incansável, que fica na sua competência própria e dos que o cercam. Se eu fosse descreve-lo, não com palavras, como faço agora, mas pela geometria, como um símbolo, eu representaria por uma linha reta, ascendente. Isso porque você olhas sempre para o alto, na busca de novos caminhos", comentou.

O empresário agradeceu a homenagem vinda do projeto que ele viu nascer. “É um projeto de grande relevância para a sociedade. Juntamente com Dr. Ricardo Brennand, que foi o grande impulsionador e lutador, apoiamos desde o início a mobilização cuja integração de todos continua sendo vital para a conclusão da obra. Nomes relevantes estão integrados, como Cornélio Brennand, por exemplo, diante do impacto que isso trará, principalmente, para a população carente. Temos que sensibilizar a sociedade porque essa construção vai mudar o patamar de atendimento para as questões relacionadas ao fígado no Estado de Pernambuco”, destacou o empresário João Carlos Paes Mendonça ao receber o título de Conselheiro Benemérito.

“A pandemia mostrou muitas fragilidades sociais e, uma delas foi, sem dúvida, a estrutura precária da rede pública de saúde – apesar de todos os esforços travados para atender às demandas da Covid-19. Por isso, iniciativas estruturadoras nessa área se fazem tão importantes". Ao lembrar que acompanhou de perto a luta desde o início para implantação do hospital, pontuou que ninguém deve desistir desse compromisso. "Continuaremos apoiando as discussões e iniciativas para atrair mais parceiros que, junto com os grandes idealizados do projeto, vão seguir em frente. É um trabalho que não pode parar”.

O empresário também reforçou a importância do termino da construção do Hospital do Fígado, o primeiro no Brasil que será especializado em transplantes do tipo.
O empresário também reforçou a importância do termino da construção do Hospital do Fígado, o primeiro no Brasil que será especializado em transplantes do tipo.
Reprodução/TV Jornal

Hospital do fígado

O empresário também reforçou a importância do termino da construção do Hospital do Fígado, o primeiro no Brasil que será especializado em transplantes do tipo.

>>Instituto do Fígado: campanha arrecada dinheiro para comprar máquina

Segundo a presidente do IFP, a professora Leila Beltrão, a participação de empresários como João Carlos Paes Mendonça é importante. O instituto atende exclusivamente pacientes do SUS. Atualmente, é referência no país em diagnóstico e pesquisa clínica de doenças hepáticas.


Mais Lidas