MEDIDAS RESTRITIVAS

Na Feira de Caruaru, sulanqueiros burlam fiscalização e desrespeitam proibições


Fiscalização não intimidou sulanqueiros da tradicional Feira de Caruaru

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 07/06/2021 às 14:52
Reprodução/ TV Jornal
FOTO: Reprodução/ TV Jornal
Leitura:

Mesmo com a proibição de funcionar presencialmente, a Feira de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, foi palco de desrespeitos, nesta segunda-feira (7). Os sulanqueiros tentaram furar a fiscalização no Parque 18 de Maio para comercializar seus produtos.

O secretário de Serviços Públicos de Caruaru, Ytalo Farias, disse que o trabalho de fiscalização, inicialmente, tem buscado conscientizar os sulanqueiros, mas não descarta medidas extremas. “O que a gente notou foi uma grande presença dos sulanqueiros na Feira da Sulanca tentando abrir os bancos, alguns lojistas também fazem comércio ao redor da feira também tentando abrir as lojas, e as equipes de fiscalização fazendo um trabalho para conscientizar os sulanqueiros. É um trabalho educativo, mas em casos de reincidências, pode chegar ao extremo da perda de alvará e da licença de comercialização. O município não quer isso, neste momento, em hipótese alguma”, disse.

Delivery sulanca

A Prefeitura de Caruaru disponibiliza o serviço o Delivery Sulanca, que é uma alternativa ao comércio local.

O serviço funciona das 5h às 17h, no estacionamento do Polo Caruaru. Os cadastros podem ser feitos pelo site deliverysulanca.caruaru.pe.gov.br ou pelo aplicativo para Android, disponível na Google Play Store.


Mais Lidas