Um dia após anunciar flexibilizações, Pernambuco registra mais 3.715 casos de covid-19 em boletim diário

Pernambuco totaliza 515.544 casos confirmados da covid-19, sendo 47.101 graves e 468.443 leves

PANDEMIA
Um dia após anunciar flexibilizações, Pernambuco registra mais 3.715 casos de covid-19 em boletim diário

Pernambuco totaliza 515.544 casos confirmados da doença, sendo 47.101 graves e 468.443 leves - Foto: Hélia Scheppa/SEI

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta sexta-feira (11), 3.715 casos da covid-19. O alto número é registrado um dia após o Governo de Pernambuco anunciar flexibilizações na Região Metropolitana do Recife, nas Zonas da Mata Norte e Sul e no Agreste. Entre os confirmados hoje, 208 (5,5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 3.507 (94,5%) são leves.

Com essas novas infecções pelo novo coronavírus, Pernambuco atinge 515.544 casos confirmados da doença, sendo 47.101 graves e 468.443 leves.

 

>> Praias de Pernambuco estão liberadas? E as igrejas? Veja o que muda a partir de segunda (14)

>> Protocolos de Pernambuco: Veja o que pode e o que não pode abrir neste sábado (12) e no domingo (13)

>> Grande Recife, Agreste, Sertão e Zona da Mata: veja restrições, flexibilizações e novos horários em Pernambuco após novo decreto

 

Óbitos 

Também foram confirmados 87 óbitos, ocorridos entre 02/12/2020 e 10/06/2021. Com isso, o Estado totaliza 16.701 mortes pela Covid-19. 

O novo Plano de Convivência com a Covid-19

Conforme anunciado nesta quinta-feira (10), em coletiva de imprensa online, o Governo de Pernambuco flexibilizou as medidas restritivas que estão em vigor até o dia 13 de junho nas cidades das Macrorregiões 1 e 2, que contemplam Região Metropolitana do Recife, Zonas da Mata Norte e Sul e do Agreste. O novo Plano de Convivência com a Covid-19 é válido de 14 de junho até 27 de junho. 

Já as 35 cidades da Macrorregião 3, no Sertão, onde houve aumento na solicitação de leitos de UTI, entrarão em quarentena rígida a partir da próxima segunda-feira (14). Até o dia 20 de junho, nos municípios das Gerências Regionais de Saúde (Geres) VI, X e XI – com sedes em Arcoverde, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada, respectivamente – só poderão funcionar, diariamente, as atividades permitidas no decreto.

A Macrorregião 4, no Vale do São Francisco e Araripe, segue no esquema atual.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.