Pandemia do novo coronavírus

Grande Recife, Agreste e Sertão: Saiba o que pode funcionar e em quais horários neste sábado (19) e no domingo (20) em Pernambuco


Regiões de Pernambuco tem regras variadas, a depender, segundo o governo, da situação pandêmica de cada cidade

Gabriel dos Santos Araujo Dias
Gabriel dos Santos Araujo Dias
Publicado em 18/06/2021 às 11:20
Felipe Ribeiro/JC Imagem
FOTO: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Leitura:

Cidades pernambucanas precisam obedecer alguns protocolos estabelecidos pelo governo estadual de Pernambuco na tentativa de conter a pandemia do novo coronavírus. Neste sábado (19) e no domingo (20), as regras mudam de acordo com a região do estado. Confira agora o que pode abrir e em quais horários, do Grande Recife ao Sertão:

Grande Recife

A partir do próximo sábado, 19 de junho, algumas atividades voltam a ser permitidas nos finais de semana e nos feriados, até as 18h. Durante a semana não houve alterações e as atividades seguem até às 20h.

O que pode?

  • Igrejas e Atividades Religiosas - de 5h às 20h durante a semana e de 5h às 18h nos finais de semana;
  • Academias e similares - de 5h às 20h durante a semana e de 5h às 18h nos finais de semana;
  • Serviços de Alimentação (Bares, restaurantes e lanchonetes) - de 5h às 20h durante a semana e de 9h às 17h ou 10h às 18h nos finais de semana;
  • Ciclofaixas destinadas a atividades de lazer ou recreativas;
  • Clubes sociais, esportivos e agremiações (academias, bares, restaurantes e salões de beleza) - de 5h às 20h durante a semana e de 5h às 18h ou de 9h às 17h nos finais de semana;
  • Comércio varejista (bairros) - de 8h às 18h, de 9h às 19h ou de 10h às 20h durante a semana e de 9h às 17h ou 10h às 18h nos finais de semana;
  • Comércio varejista (centro) - de 10h às 20h durante a semana e de 9h às 17h ou 10h às 18h nos finais de semana;
    Comércio de praia - de 9h às 16h durante a semana e está proibido nos finais de semana;
  • Escolas e universidades, públicas e privadas - de 6h às 22h durante a semana e de 9h às 17h ou 10h às 18h nos finais de semana;
  • Escritórios comerciais e prestação de serviços - de 10h às 20h durante a semana e de 9h às 17h ou 10h às 18h nos finais de semana;
  • Feira de Negócios - de 10h às 20h durante a semana e de 9h às 17h ou 10h às 18h nos finais de semana;
  • Praias marítimas e fluviais, inclusive os calçadões, parques e praças;
  • Polo de Confecções;
  • Shoppings centers e galerias comerciais - de 10h às 20h durante a semana e de 9h às 17h ou 10h às 18h nos finais de semana.

O que não pode?

Comércio de praia (nos finais de semana)
Museus e demais equipamentos culturais
Eventos Sociais
Eventos Culturais
Eventos Corporativos
Competições e práticas esportivas coletivas, profissionais ou voltadas ao lazer

Agreste

O que pode?

Igrejas e Atividades Religiosas - de 5h às 18h durante a semana e nos finais de semana;
Academias e similares - de 5h às 18h durante a semana e nos finais de semana;
Serviços de Alimentação (Bares, restaurantes e lanchonetes) - de 5h às 18h durante a semana e de 9h às 17h ou 10h às 18h nos finais de semana;
Ciclofaixas destinadas a atividades de lazer ou recreativas;
Clubes sociais, esportivos e agremiações (academias, bares, restaurantes e salões de beleza) - de 5h às 18h durante a semana e nos finais de semana;
Comércio varejista (bairros) - de 5h às 18h por no máximo 10 horas contínuas durante a semana e de 6h às 18h por no máximo 8 horas contínuas nos finais de semana;
Comércio varejista (centro) - de 5h às 18h por no máximo 10 horas contínuas durante a semana e de 6h às 18h por no máximo 8 horas contínuas nos finais de semana;
Comércio de praia - de 9h às 16h durante a semana e está proibido nos finais de semana;
Escolas e universidades, públicas e privadas - de 6h às 18h durante a semana e de 9h às 17h ou 10h às 18h nos finais de semana;
Escritórios comerciais e prestação de serviços - de 5h às 18h por no máximo 10 horas contínuas durante a semana e de 6h às 18h por no máximo 8 horas contínuas nos finais de semana;
Feira de Negócios - de 5h às 18h por no máximo 10 horas contínuas durante a semana e de 6h às 18h por no máximo 8 horas contínuas nos finais de semana;
Praias marítimas e fluviais, inclusive os calçadões, parques e praças;
Polo de Confecções - de 5h às 18h por no máximo 10 horas contínuas durante a semana e de 6h às 18h por no máximo 8 horas contínuas nos finais de semana;
Shoppings centers e galerias comerciais - de 5h às 18h por no máximo 10 horas contínuas durante a semana e de 6h às 18h por no máximo 8 horas contínuas nos finais de semana;

O que não pode?

Museus e demais equipamentos culturais
Eventos Sociais
Eventos Culturais
Eventos Corporativos
Competições e práticas esportivas coletivas, profissionais ou voltadas ao lazer

Sertão

A terceira Macrorregião, no Sertão, vive seu pior momento em quantitativo de solicitação diárias de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Por esse motivo, restrições mais rígidas foram adotadas. De 14 à 20 de junho, nos municípios das Gerências Regionais de Saúde (Geres) VI, X e XI – com sedes em Arcoverde, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada, respectivamente – só poderão funcionar, diariamente, as atividades permitidas no decreto.

Cidades onde as restrições serão ampliadas

  • VI Geres: Arcoverde, Buíque, Custódia, Ibimirim, Inajá, Jatobá, Manarí, Pedra, Petrolândia, Sertânia, Tacaratu, Tupanatinga, Venturosa.
  • X Geres: Afogados da Ingazeira, Brejinho, Carnaíba, Iguaraci, Ingazeira, Itapetim, Quixaba, Santa Terezinha, São José do Egito, Solidão, Tabira, Tuparetama.
  • XI Geres: Betânia, Calumbi, Carnaubeira da Penha, Flores, Floresta, Itacuruba, Santa Cruz da Baixa Verde, São José do Belmonte, Serra Talhada, Triunfo.

O que não pode?

Comércio de praia (nos finais de semana)
Museus e demais equipamentos culturais
Eventos Sociais
Eventos Culturais
Eventos Corporativos
Competições e práticas esportivas coletivas, profissionais ou voltadas ao lazer
Shoppings centers e galerias comerciais
Praias marítimas e fluviais, inclusive os calçadões, parques e praças
Polo de Confecções
Feira de Negócios
Escritórios comerciais e prestação de serviços
Escolas e universidades, públicas e privadas
Comércio de praia
Comércio varejista (centro e bairros)
Clubes sociais, esportivos e agremiações (academias, bares, restaurantes e salões de beleza)
Ciclofaixas destinadas a atividades de lazer ou recreativas
Academias e similares
Igrejas e Atividades Religiosas - permitida somente virtual
Serviços de Alimentação (Bares, restaurantes e lanchonetes) - permitida somente por delivery.

Sertão do São Francisco e Araripe

Nos dias de semana, os estabelecimentos podem funcionar das 5h às 20h, e nos finais de semana das 10h às 18h ou das 9h às 17h.

O que pode?

Igrejas e Atividades Religiosas - de 5h às 20h durante a semana e de 5h às 18h nos finais de semana;
Academias e similares - de 5h às 20h durante a semana e de 5h às 18h nos finais de semana;
Serviços de Alimentação (Bares, restaurantes e lanchonetes) - de 5h às 20h durante a semana e de 9h às 17h ou 10h às 18h nos finais de semana;
Ciclofaixas destinadas a atividades de lazer ou recreativas;
Clubes sociais, esportivos e agremiações (academias, bares, restaurantes e salões de beleza) - de 5h às 20h durante a semana e de 5h às 18h ou de 9h às 17h nos finais de semana;
Comércio varejista (bairros) - de 8h às 18h, de 9h às 19h ou de 10h às 20h durante a semana e de 9h às 17h ou 10h às 18h nos finais de semana;
Comércio varejista (centro) - de 10h às 20h durante a semana e de 9h às 17h ou 10h às 18h nos finais de semana;
Comércio de praia - de 9h às 16h durante a semana e está proibido nos finais de semana;
Escolas e universidades, públicas e privadas - de 6h às 22h durante a semana e de 9h às 17h ou 10h às 18h nos finais de semana;
Escritórios comerciais e prestação de serviços - de 10h às 20h durante a semana e de 9h às 17h ou 10h às 18h nos finais de semana;
Feira de Negócios - de 10h às 20h durante a semana e de 9h às 17h ou 10h às 18h nos finais de semana;
Praias marítimas e fluviais, inclusive os calçadões, parques e praças;
Polo de Confecções;
Shoppings centers e galerias comerciais - de 10h às 20h durante a semana e de 9h às 17h ou 10h às 18h nos finais de semana;

O que não pode?

Museus e demais equipamentos culturais
Eventos Sociais
Eventos Culturais
Eventos Corporativos
Competições e práticas esportivas coletivas, profissionais ou voltadas ao lazer


Mais Lidas