DENÚNCIA

Exigência de vacina contra a covid-19 para emprego é discriminação, diz MPT

Site de ofertas de emprego mostrava vaga e exigia como requisito que o candidato fosse imunizado contra a Covid-19 com a vacina da farmacêutica Pfizer

Agência Brasil
Agência Brasil
Publicado em 23/06/2021 às 21:04
FOTO: RICHARDSON MARTINS/SESAU
FOTO: FOTO: RICHARDSON MARTINS/SESAU
Leitura:

Um anúncio publicado em um site de ofertas de emprego gerou questionamentos após a vaga exigir como requisito para contratação que o candidato fosse imunizado contra a Covid-19 com a vacina da farmacêutica Pfizer.

A vaga para governanta na cidade de Campinas, no interior de São Paulo, oferecia um salário de R$ 1.600,00 e, além da dose da vacina específica, ainda exigia tarefas como serviço de babá e limpeza da casa.

Após uma denúncia anônima, o Ministério Público do Trabalho de Campinas vai investigar o caso.

DISCRIMINAÇÃO

José Antônio Vieira, presidente da Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT), explica que esse ato não condiz com a ética do empregador, sendo uma postura discriminatória a exigência por uma vacina de um laboratório específico.

Além da exigência da vacina, o MPT vai investigar também outras cobranças do anúncio, como a escolha entre ter apenas uma folga por mês ou férias de 15 dias.

Mais Lidas