Lázaro Barbosa: sem encontrar serial killer onde procurava, polícia amplia área buscas de 10 para 50km; veja onde caçada será feita

Lázaro Barbosa está desaparecido há 16 dias, desde quando se tornou o único suspeito de matar quatro pessoas de uma mesma família no Distrito Federal

LáZARO BARBOSA
Lázaro Barbosa: sem encontrar serial killer onde procurava, polícia amplia área buscas de 10 para 50km; veja onde caçada será feita

Lázaro Barbosa de Sousa é procurado pelas polícias do DF e de Goiás - Foto: Reprodução

Após inúmeras tentativas frustradas de encontrar Lázaro Barbosa no perímetro de 10 quilômetros demarcado na semana passada, a Secretaria de Segurança Pública de Goiás decidiu aumentar a área de buscas. Agora, os 270 policiais passam a procurar Lázaro em uma região de 50 quilômetros quadrados. Há a possibilidade de que Lázaro tenha conseguido se esconder em uma região que não era procurada pelos policiais nos últimos dias. Nesta quinta-feira (24), buscas chegam ao 16º dia.

De acordo com a TV Record, além das regiões de Edilândia e Cocalzinho de Goiás, os policias também passam a fazer buscas em regiões de Santo Antônio do Descoberto, que fica a 15km de distância de Girassol, distrito de Cocalzinho, onde os policiais se concentravam. 

As buscas por Lázaro são feitas primordialmente feitas dentro da mata. Os policiais usam lanternas para fazer buscas à noite, uma vez que se acredita que o criminoso sai do esconderijo à noite para fazer buscar armas e comida em propriedades rurais. Os policias tentam descobrir se Lázaro roubou óleo e pães de uma chácara em Cocalzinho de Goiás, segundo o portal R7. 

 

>>> Entenda como funciona operação contra Lázaro nesta quinta-feira (24).

 

Balanço de 15 dias de buscas

Desde o início das buscas, Lázaro já percorreu pelo menos 140 km de distância. Ele chegou a roubar um carro, mas abandonou o veículo após avistar uma blitze na BR-070. Acredita-se que o homem já passou por pelo menos quatro cidades. 

Na fuga, Lázaro, conhecido nas redes sociais como "Serial Killer de Brasília", já fez reféns e atirou contra policiais. Além dos policiais, cães farejadores, cavalos, helicópteros e drones também integram a força-tarefa que procura pelo bandido. 

VÍDEO: Entenda por que é tão difícil prender Lázaro Barbosa

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.