COVID-19

Pernambuco tem taxa de ocupação de UTIs abaixo de 80% pela primeira vez em sete meses


Segundo o Governo de Pernambuco, não há mais fila de espera por um leito de UTI em Pernambuco

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 24/06/2021 às 14:00
Hélia Scheppa/SEI
FOTO: Hélia Scheppa/SEI
Leitura:

Pela primeira vez, em sete meses, a taxa de ocupação dos leitos de UTIs em Pernambuco ficou abaixo de 80%. Nesta quinta-feira (24), o Estado tingiu a marca de 79%, registrando o menor índice desde 24 de novembro do ano passado.

“A caminhada foi longa até aqui e ainda temos muito o que avançar. Só que é fundamental destacar esse momento porque ele é fruto de muito trabalho e dedicação, sobretudo dos nossos profissionais de saúde e de todos que têm feito a sua parte, usando máscara, evitando aglomerações e mantendo as mãos higienizadas. Precisamos continuar valorizando esses cuidados”, frisou o governador Paulo Câmara, em pronunciamento divulgado nesta quinta.

>> Paulo Câmara anuncia que Pernambuco atingiu menor taxa de ocupação de UTIs públicas de covid-19 desde fevereiro

>> São João: Secretário pede comemoração segura e alerta que 1.750 pessoas estão 'lutando pela vida' em leitos de UTI de Pernambuco

>> Pernambuco instala mais dez novos leitos de UTI para bebês e crianças no Sertão

No momento, há 368 leitos de terapia intensiva disponíveis para pacientes de covid-19 em todo o Estado, o que significa que não há mais fila de espera por vagas. O Estado tem, atualmente, 1.812 leitos ativos de UTI, sendo a sexta maior rede do país e a maior de todos os Estados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Veja o pronunciamento do governador:

Mortalidade

A maior capacidade de atendimento dos casos graves de covid-19 também se reflete em outro índice importante. Pernambuco tem a segunda menor taxa de mortalidade em decorrência do novo coronavírus no Brasil em 2021, ficando atrás apenas do Maranhão. O ranking é publicado semanalmente pela Organização Panamericana da Saúde (OPAS), entidade ligada à Organização Mundial da Saúde (OMS).


Mais Lidas