Vacina da Janssen: 1º lote chega a Pernambuco; veja quais cidades receberão as doses e como será divisão

Vacina da Janssen só precisa de uma dose para garantir imunização contra a covid-19; PE também recebeu mais 117.800 unidades da CoronaVac

IMUNIZAÇÃO
Vacina da Janssen: 1º lote chega a Pernambuco; veja quais cidades receberão as doses e como será divisão

Vacina da Janssen só precisa de uma dose para garantir imunização contra a covid-19 - Foto: Reprodução/TV Jornal

Mais vacinas contra a covid-19 chegaram a Pernambuco, nesta quinta-feira (24). O Estado recebeu, pela primeira vez,  um lote da vacina da Janssen, que é aplicada em dose única. Ao todo, 62.250 unidades foram entregues. Na mesma remessa também chegaram mais 117.800 vacinas da CoronaVac/Butantan, que devem ser utilizadas para a primeira e segunda doses.

As vacinas já foram entregues ao Programa Estadual de Imunização (PNI-PE), que conferiu a carga e iniciou a separação para envio às Gerências Regionais de Saúde (Geres), que ocorrerá a partir da madrugada desta sexta-feira (25).

CoronaVac 

As doses recebidas da Coronavac/Butantan serão destinadas à imunização de guardas municipais, trabalhadores do transporte coletivo e população privada de liberdade. Os municípios, porém, também poderão dar seguimento à campanha em outros grupos ou por faixa etária, de acordo com a organização de cada um, já que muitas cidades já iniciaram a vacinação de alguns desses públicos.

 

>> Vacina de dose única: 1,5 milhão de doses da Janssen chegam ao Brasil

>> Anvisa amplia prazo de validade da vacina da Janssen

>> Anvisa aprova autorização para uso emergencial da vacina da Janssen

 

“Recebemos lotes importantes para dar continuidade à campanha de vacinação da população pernambucana. Mas vale ressaltar que as vacinas estão sendo enviadas aos municípios para utilização em primeiras e segundas doses. Assim, é necessário que cada cidade se organize e preserve os quantitativos que serão destinados à segunda aplicação”, observou o governador Paulo Câmara.

O secretário estadual de Saúde, André Longo, reiterou a advertência, alertando que o município que usar todo o quantitativo da CoronaVac/Butantan apenas como primeira dose irá gerar um déficit mais à frente. “Precisamos evitar que essa situação se repita. Os gestores devem manter uma organização e controle rígido de seus estoques para que a população possa completar seus esquemas vacinais”, acrescentou Longo.

Vacina da Janssen

As doses da vacina da Janssen, de acordo com o que foi acordado com os gestores municipais na Comissão Intergestores Bipartite (CIB), serão destinadas ao Recife, na Região Metropolitana, além de Caruaru e Garanhuns, no Agreste, e Arcoverde, Serra Talhada e Afogados da Ingazeira, no Sertão.

A vacina da Janssen será distribuída da seguinte forma: Recife (31.125 doses), Caruaru (16.230 doses), Garanhuns (6.175), Arcoverde (3.555 doses), Afogados da Ingazeira (1.800 doses) e Serra Talhada (3.365 doses).

A superintendente de Imunizações da Secretaria de Saúde, Ana Catarina de Melo, afirmou que Pernambuco está recebendo metade do quantitativo da Janssen que havia sido pactuado inicialmente com o Ministério da Saúde. “Logo que cheguem mais doses enviadas pelo governo federal, iremos completar e finalizar a entrega das vacinas da Janssen, conforme pactuado inicialmente com esses seis municípios”, explicou. Como as doses da Janssen estão indo para essas seis maiores cidades, a superintendente ressaltou que todos os demais municípios do Estado serão recompensados com mais unidades da Pfizer para darem continuidade aos seus programas de imunização.

Vacinas em Pernambuco

Com essas entregas, Pernambuco totaliza mais de 5 milhões de doses recebidas. Foram, especificamente, 5.172.510, sendo 2.141.960 da CoronaVac/Butantan; 2.630.170 da Astrazeneca/Oxford/Fiocruz; 338.130 da Pfizer/BioNTech; e 62.250 da Janssen.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.