Adolescente ateia fogo em mulher trans no Cais de Santa Rita, Centro do Recife

O adolescente jogou uma substância na vítima e ateou fogo

VIOLêNCIA
Adolescente ateia fogo em mulher trans no Cais de Santa Rita, Centro do Recife

O crime aconteceu perto do terminal rodoviário - Foto: Reprodução/TV Jornal

Uma mulher trans foi queimada no Cais de Santa Rita, na área central do Recife. O crime aconteceu na madrugada dessa quinta-feira (24), por volta das 0h. De acordo com a polícia, a mulher trans, de 40 anos, estaria perto do terminal rodoviário. Nesta sexta-feira (25), o Hospital da Restauração, para onde a mulher foi levada, confirmou que a vítima teve 40% do corpo queimado

Um adolescente teria se aproximado, jogado uma substância na vítima e ateado fogo.

 

>>> LEIA MAIS: Veja estado de saúde da mulher trans queimada no centro do Recife

 

Internada

A mulher foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), em estado grave, com queimaduras em varias partes do corpo. Ela segue internada no Hospital da Restauração, no Centro do Recife.

A mulher trans teve 40% do corpo queimado. De acordo com a assessoria de imprensa do Hospital da Restauração (HR), a vítima sofreu lesões no tórax, abdômen, mãos e braços. 

A mulher ainda não teve o nome revelado e, por respeito à identidade de gênero dela, a reportagem não vai divulgar o nome de batismo. Até a manhã desta sexta, nenhum parente da vítima havia se apresentado à assessoria de imprensa do hospital.

Segundo a assessoria do HR, a mulher passou por um procedimento cirúrgico para fazer uma raspagem no corpo, em função dos machucados provocados pelo fogo. Na manhã desta sexta-feira (25), ela está internada na unidade de tratamento de queimados do HR.

O estado de saúde é considerado estável, mas inspira cuidados. A equipe do hospital explicou à reportagem do site da Rádio Jornal que, normalmente, vítimas de queimaduras precisam ser acompanhadas para descobrir se o fogo provocou lesões no sistema respiratório. A mulher agredida não está precisando de aparelhos para respirar, no momento.

>> Mulher trans pernambucana morre após ser abandonada sedada em cirurgia enquanto clínica pegava fogo

 

Polícia

O adolescente foi levado para a Gerência de Polícia da Criança e do Adolescente (GPCA), que está investigando o caso. ainda não se sabe o que teria motivado o crime

Repercussão

A deputada Estadual em Pernambuco, pelo mandato coletivo das Juntas, Robeyoncé Lima, também conhecida por ser a primeira advogada travesti do Norte-Nordeste, postou um tweet sobre o caso, criticando a violência contra a comunidade trans. "Violência contra nós virou algo corriqueiro e sem ser merecedor de empatia", diz a publicação.

Nesta sexta (25), ela se colocou à disposição para buscar com as autoridades providências sobre o caso, inclusive, apoio à vítima. "Eu já estou atrás dos órgãos responsáveis do governo para cobrar essas atualizações e, principalmente, um auxílio para ela", postou, nesta manhã, em sua conta no Twitter.

 

>> UFPE cria cotas para trans e outros grupos na pós-graduação. Diretor da Faculdade de Direito pede que MEC suspenda medida

>> Jogadora de futebol japonesa se apresenta pela 1ª vez como homem trans

>> Ação em prol de pessoas trans dá ao Brasil primeiro Grand Prix da área Glass do Festival de Cannes

 

Notícias policiais da TV Jornal

Quer ficar acompanhando as notícias policiais da TV Jornal? Você pode ter acesso rápido a todas elas no nosso grupo, no Facebook. Acesse aqui o grupo Notícias Policiais TV Jornal no Facebook.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.