Violência contra mulher trans

Mulher trans queimada viva no Recife: Roberta tem estado de saúde agravado e é intubada

Roberta Silva, de 32 anos, foi queimada viva no Cais de Santa Rita, no centro do Recife, esta semana

Publicado em 26/06/2021 às 15:33
Diego Nigro/JC Imagem
FOTO: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

A mulher transexual queimada viva no centro do Recife esta semana teve o estado de saúde agravado e precisou ser intubada neste sábado (26). A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Saúde à reportagem do site da Rádio Jornal.

Roberta Silva, de 32 anos, teve uma instabilidade na pressão arterial, de acordo com o boletim médico. "A paciente Roberta segue internada na Unidade de Tratamento de Queimados (UTQ) do Hospital da Restauração (HR). Neste sábado (26/06), a paciente apresentou instabilidade hemodinâmica, sendo necessária a intubação. No momento ela está realizando exames e sendo acompanhada pelas equipes médicas para novos procedimentos", disse a nota enviada pela SES.

Entenda o caso

Roberta Silva, de 32 anos, teve o corpo queimado por um adolescente na madrugada da última quinta-feira (24). De acordo com a vítima, a agressão foi causada por discriminação. Ela teve 40% do corpo atingido pelo fogo. O adolescente foi apreendido pela polícia.

Mais Lidas