Pandemia do novo coronavírus

Irmão de apóstolo Valdemiro, bispo Vanderley Santiago morre vítima da covid-19

Igreja Mundial do Poder de Deus, dos irmãos Santiago, chegou a vender sementes de feijão prometendo terapia contra covid-19

Gabriel dos Santos Araujo Dias
Gabriel dos Santos Araujo Dias
Publicado em 29/06/2021 às 10:59
Reprodução/Redes sociais
FOTO: Reprodução/Redes sociais
Leitura:

O bispo Vanderley Santiago da Igreja Mundial do Poder de Deus morreu vítima da covid-19. A morte foi registrada na segunda-feira (28). Vanderley era irmão do apóstolo Valdemiro Santiago, que causou polêmica ao vender sementes de feijão que, segundo ele, teriam poderes terapêuticos contra o novo coronavírus. Evidentemente, não há comprovocação científica de que o produto vendido por Valdemiro tivesse qualquer relevância no tratamento da doença.

Vanderley Santiago tinha 53 anos de idade. Ele morreu na cidade de São Carlos, no interior de São Paulo. Segundo apuração do portal G1, a prefeitura informou que o bispo procurou atendimento médico no Centro de Triagem do Ginásio Milton Olaio Filho, conhecido como "covidário", e, em seguida, foi levado até a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Santa Felícia. Lá, ele sofreu uma parada cardiorrespiratória e morreu.

Igreja Mundial do Poder de Deus

Procurada pelo G1, a Igreja Mundial do Poder de Deus disse que não ia se manifestar sobre a morte do bispo. Durante a pandemia, o apóstolo Valdemiro Santiago, que é líder da igreja, vendeu sementes de feijão dizendo que ela ajudariam a tratar a covid-19, o que não é verdade.

Os valores das sementes podiam chegar até a R$ 1 mil. O Ministério Público Federal apura a possível prática de crime de estelionato por parte do evangélico.

Outros casos

Não é a primeira vez que uma liderança evangélica morre no país, vítima da covid-19. Em março, o cantor gospel e vereador de Salvador, irmão Lázaro, morreu após lutar por quase um mês contra o novo coronavírus.

Mais recentemente, neste mês de junho, o missionário R.R. Soares, da Igreja Internacional da Graça de Deus, também foi internado por causa da covid-19, mas se recuperou e voltou a celebrar cultos usando máscara.

Mais Lidas