Apesar de 520 mil mortos no Brasil...

Bares desrespeitam protocolo estadual e são interditados no Recife; Não havia nem distanciamento nem máscaras


Em um dos bares, passava das 23h30 e mais de 40 clientes continuavam no local

Gabriel dos Santos Araujo Dias
Gabriel dos Santos Araujo Dias
Publicado em 02/07/2021 às 7:22
Divulgação/Procon
FOTO: Divulgação/Procon
Leitura:

Há mais de um ano, os médicos explicam todos os dias na TV e na internet a necessidade do uso de máscaras durante a pandemia do novo coronavírus. Apesar disso, mesmo com mais de 520 mil mortes causadas pela covid-19, ainda há quem desrespeite os protocolos mínimos de segurança. Na noite dessa quinta-feira, o Procon Pernambuco interditou mais dois bares no Recife. Em ambos, o funcionamento acontecia após o horário permitido, havia aglomeração e as pessoas nem sequer usavam máscaras.

O primeiro bar interditado foi o Vapor 82, no bairro do Cordeiro, zona oeste da capital. Os fiscais chegaram no local pouco antes das 23h e flagraram mais de 80 consumidores sem máscaras e sem distanciamento social. De acordo com o protocolo estadual, os estabelecimentos desse segmento só podem funcionar até às 22h.

Em Água Fria, na zona norte, os fiscais chegaram mais tarde ainda: às 23h40. No bar Espetinho do Bêu, eles se encontraram com 40 pessoas igualmente sem máscara e sem distanciamento social. O estabelecimento também foi autuado e interditado.

“As medidas estão sendo flexibilizadas pelo Governo de Pernambuco, mas para que continuemos avançando é fundamental que a população e os empresários colaborem”, disse o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, chefe do Procon Pernambuco.

Processo

“Ambos estabelecimentos responderão administrativamente ao Órgão de Defesa do Consumidor. A ação desta noite aconteceu em parceria com Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária e a Polícia Militar de Pernambuco”, acrescentou nota divulgada pelo Procon.


Mais Lidas