Saúde

Crise de soluço persistente: O que pode ser? Quais as causas? Entenda problema que afeta o presidente Jair Bolsonaro


Presidente Jair Bolsonaro foi internado nesta quarta-feira (14), após reclamar de soluço persistente

Gabriel dos Santos Araujo Dias
Gabriel dos Santos Araujo Dias
Publicado em 14/07/2021 às 9:17
José Cruz/ Agência Brasil
FOTO: José Cruz/ Agência Brasil
Leitura:

Se um episódio esporádico de soluço já é desagradável, uma crise de soluço persistente, que dura dias, pode alertar para problemas de saúde. Na última quarta-feira (14), o presidente da República, Jair Bolsonaro, foi internado, com uma obstrução intestinal, após sentir dores abdominais na madrugada e reclamar de soluços há mais de uma semana. O que pode causar uma crise de soluços?

Para médicos, essa é uma condição rara. Segundo Flavio Quilici, professor de gastrenterologia da universidade PUC de Campinas, em São Paulo, a crise é bastante incômoda e está relacionada com o diafragma, um músculo importante no aparelho respiratório.

>>> Saiba também o que é uma obstrução intestinal.

“Você lembra do músculo que tem entre o tórax e o abdômen, que é o diafragma. Quando esse diafragma descontrai, isso faz com que você jogue o ar para cima e a glote, que é a passagem que abre para o estômago ou para o pulmão, ela fecha, e faz aquele barulho bem característico”, explicou Quilici ao G1.

Segundo o médico, um episódio simples de soluço é causado pela irritação da enervação que passa pelo diafragma. Casos que o soluço duram dias é raríssimo. “E raríssimas vezes isso persiste por mais de 48 horas, que se caracteriza como uma síndrome do soluço persistente, podemos dizer assim. Dez dias é bastante”.

Bolsonaro disse que o soluço apareceu após o uso de medicamentos no pós-operatório de um implante dentário. De acordo com o médico, há a possibilidade, sim, de que a cirurgia tenha relação com a crise de soluços.

Complicação

“Para ele ficar tanto tempo, pode ser uma complicação esofágica, que é a doença do refluxo. E ele teve um fato também que é a cirurgia abdominal e, às vezes, as bucais, podem levar a esse estímulo”, afirmou Flavio Quilici.

Passando a Limpo

Nesta quarta-feira, o Passando a Limpo, da Rádio Jornal, também falou sobre o assunto. O programa entrevistou o médico gastroenterologista Gerson Brasil, que explicou as causas do soluço. O especialista também disse que soluços com até 48 horas de duração são comuns. Soluços que duram mais que dois dias, no entanto, devem ser analisados por médicos, já que podem indicar outros problemas de saúde, inclusive tumores.

Ouça a entrevista na íntegra:


Mais Lidas