doente

Jair Bolsonaro internado em hospital com crise de soluço: O que causa a doença e como tratar?


De acordo com o Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro deu entrada no hospital com ''soluço persistente''

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 14/07/2021 às 12:21
Reprodução
FOTO: Reprodução
Leitura:

Após Jair Bolsonaro dar entrada no hospital e passar por exames, nesta quarta-feira (14), o Palácio do Planalto informou que o presidente estava com ''soluço persistente'' e deve ficar em observação por 24 ou 48 horas. De acordo com a nota enviada pelo governo federal, Jair Bolsonaro está bem, consciente e conversando normalmente. Há dias, ele reclama da frequência incomum dos soluços, além de ter sentido dores abdominais. Você sabe o que pode causa uma crise de soluço? Confira abaixo as respostas em relação à a doença:

Segundo os médicos, existem vários motivos para um soluço persistente (crise), sendo que entre os mais comuns são comer rápido e em grande quantidade, tomar refrigerante, engolir ar, mudanças bruscas de temperatura, tabagismo (po exemplo, cigarro), álcool, ansiedade e estresse.

> Crise de soluço persistente: Entenda problema que afeta o presidente Jair Bolsonaro

A definição de soluço é de uma doença que tem um movimento involuntário e provocado por um espasmo do diafragma (músculo que separa o tórax do abdômen e está ligado a respiração). Como esse espasmo é acompanhado simultaneamente pelo fechamento da glote, a passagem de ar para os pulmões fica prejudicada.

 

O que fazer durante uma crise de soluço?

O recomendado é procurar um pronto-socorro ou um médico para tentar solucionar o problema, de acordo com o cirurgião Flávio Kawamoto, em entrevista ao Uol. Como a causa do soluço pode variar, não dá para definir um tratamento específico para o problema em questão.

> Jair Bolsonaro volta a defender uso da hidroxicloroquina para tratamento da covid-19

. "Às vezes, quando é muito persistente e dura o dia inteiro, a pessoa fica com muita fadiga e começa a incomodar. Ela não consegue fazer as atividades do dia, como falar", diz o cirurgião.

> Jair Bolsonaro diz que haverá um parecer para desobrigar máscara em vacinados ou recuperados

Como a causa varia de acordo com o paciente, também não dá para definir um tratamento específico para o problema, que tende a ser passageiro. Se a crise de soluços for causada pelo refluxo, por exemplo, o médico irá tratar o quadro. Caso seja necessário, o especialista pode sugerir medicamentos para o tratamento.

Saiba algumas medidas que podem ajudar em uma crise de soluços:

  • Prender a respiração por alguns segundos;
  • Pressionar os joelhos dobrados contra o peito ajuda;
  • Engolir açúcar, miolo de pão ou gelo moído;
  • Respirar repetidamente dentro de um saco de papel;
  • Colocar o dedo na boca (ou usar um objeto) para tocar a úvula (o "sininho" da garganta), a fim de provocar reações de arroto e vômito para aliviar a pressão dentro do estômago.

Confira abaixo a nota do governo federal sobre o estado de saúde do presidente Jair Bolsonaro:

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, por orientação de sua equipe médica, deu entrada no Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, nesta quarta-feira (14) para a realização de exames para investigar a causa dos soluços.Por orientação médica, o presidente ficará sob observação, no período de 24 a 48 horas, não necessariamente no hospital. Ele está animado e passa bem.Secretaria Especial de Comunicação SocialSecom/MCom

Cirurgia de emergência?

O presidente Jair Bolsonaro será transferido para São Paulo para realizar exames e passar por uma possível de emergência, por orientação do médico Antônio Luiz Macedo, que o atendeu após o ataque a faca sofrido por Jair Bolsonaro, em 2018. A informação foi confirmada pelo Palácio do Planalto.

> Veja o estado de saúde atualizado do presidente Jair Bolsonaro, que segue internado

Ele teria uma reunião com os presidentes dos poderes Judiciário e Legislativo que aconteceria a partir das 11h na sede do Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília, mas foi cancelada devido aos problemas de saúde.

> Correndo risco de passar por nova cirurgia, Jair Bolsonaro se manifesta no Twitter; veja o que disse

O encontro de Jair Bolsonaro com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux e com os presidentes da Câmara e Senado, Arthur Lira (PP-AL) e Rodrigo Pacheco (DEM-MG) seria para apaziguar a relação entre os três poderes diante dos acontecimentos recentes.


Mais Lidas