Há cerca de um mês, buscas por Lázaro Barbosa eram intensificadas e caso se tornava uma das perseguições mais icônicas do Brasil

Relembre a linha do tempo da força-tarefa montada para capturar Lázaro Barbosa, que ficou foragido por cerca de 20 dias

CASO DE POLíCIA
Há cerca de um mês, buscas por Lázaro Barbosa eram intensificadas e caso se tornava uma das perseguições mais icônicas do Brasil

Lázaro Barbosa foi cercado e morto por policiais em Águas Lindas de Goiás - Foto: Reprodução

O dia 28 de julho marcou o fim da força-tarefa montada para capturar Lázaro Barbosa, de 32 anos, suspeito de matar uma família em Ceilândia, no Distrito Federal, e cometer pelo menos sete crimes em Goiás. A morte do criminoso foi comemorada por uns e questionadas por outros. A certeza é que o caso já tinha se tornado um dos mais icônicos e de repercussão em todo o Brasil. A operação policial, com mais de 270 policiais, durou cerca de 20 dias.

Conhecido nas redes sociais como 'serial killer de Brasília', Lázaro Barbosa trocou tiros com a polícia antes de ser atingido e morto. A investigação aponta que algumas pessoas ligadas ao criminoso ajudaram ele a fugir e atrapalhar as buscas. Relembre abaixo um linha do tempo desde a chacina cometida até a morte de Lázaro Barbosa:

Onde e quando ele foi encontrado?

De acordo com Ronaldo Caiado (DEM), governador de Goiás, ista que a denúncia indicou que Lázaro Barboa estaria na casa da mãe da ex-companheira. Com a investigação partindo desse local, a polícia cercou a região e encontrou o criminoso na madrugada do dia 28 de junho a cerca de 4km da casa da mãe da ex-mulher, em Águas Lindas de Goiás.

Como a polícia chegou até ele?

A polícia estava monitorando o criminoso, mas as denúncias de moradores fizeram com que a força-tarefa se aproximasse de encontrar Lázaro Barbosa. Com a chegada dos policiais, ele se escondeu na mata, atrás de uma residência, e tentou escapar novamente.

> [Vídeo] Veja o local onde Lázaro Barbosa foi cercado e morto em Goiás

> "Não consigo viver mais. Para mim, a vida acabou", diz mãe de Lázaro Barbosa

No dia da morte, vários vídeos foram compartilhados nas redes sociais em que mostra Lázaro Barbosa sendo colocado numa ambulância por policiais, que comemoram a prisão dele. Nas imagens, não é possível identificar se ele estava vivo ou morto. O secretário de Segurança de Goiás, Rodney Miranda, informou que o criminoso foi encaminhado ao Hospital Municipal Bom Jesus, em Águas Lindas de Goiás, mas morreu a caminho do local.

Quantos tiros ele levou?

A Secretaria de Saúde de Águas Lindas informou que e Lázaro Barbosa levou pelo menos 38 tiros. No boletim de ocorrência, os policiais dizem ter disparado 125 vezes. A estimativa é de que cerca de 10 disparos acertaram o criminoso, que estava escondido em uma mata e descarregou a arma que tinha com a polícia. 

O que foi apreendido com ele?

Depois que Lázaro Barbosa foi atingido e morto, os policias encontraram R$ 4,4 mil. Além disso, ele estava com um revólver calibre 38, carregador de pistola, isqueiro, gandola camuflada, balaclava, luva de pano, frasco branco com óleo, vidro com antibiótico, macarrão instantâneo, tempero proto, cebola e biscoito.

Onde o corpo foi enterrado?

corpo de Lázaro Barbosa foi levado no dia da morte dele para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Goiânia, onde foi realizada uma perícia. Três dias após a morte, ele foi enterrado em um cemitério de Cocalzinho de Goiás. A família decidiu não levar o corpo para a Bahia, onde o criminoso nasceu, por questões financeiras.

As investigações continuam?

O secretário de Segurança de Goiás, Rodney Miranda, afirmou que é preciso investigar para esclarecer os crimes cometidos por Lázaro Barbosa. O DNA do criminoso foi coletado para apurar outros crimes dos quais ele é suspeito. 

> “Eu vou morrer, mas vou levar vocês”, teria dito Lázaro Barbosa à polícia antes de morrer

Antes da morte de Lázaro Barbosa, a polícia prendeu um fazendeiro e um caseiro suspeitos de auxiliarem na fuga do criminoso, além de dar suporte para ele comer, dormir e descansar. O caseiro recebeu liberdade provisória, e contou em depoimento que o patrão dele era amigo da família do fugitivo. 

> Lázaro Barbosa: Veja quem é a vizinha fofoqueira que denunciou a ex-sogra do serial killer de Brasília

A ex-mulher de Lázaro Barbosa revelou que ele esteve na casa dela, em Águas Lindas de Goiás, e deixou dinheiro para a filha. Como não informou à polícia sobre o paradeiro do criminoso, ela também foi ouvida na delegacia.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.